Brasileira sofre acidente e está fora das Olimpíadas de Inverno

·1 min de leitura
Bruna Moura of Brazil competes in the Ladies 5 km individual classic qualification race of the 2017 FIS Nordic World Ski Championships in Lahti, Finland, on February 22, 2017.  / AFP / Jonathan NACKSTRAND        (Photo credit should read JONATHAN NACKSTRAND/AFP via Getty Images)
O carro que Bruna Moura, do esqui cross country, estava, se chocou contra um caminhão, o motorista faleceu. Foto: (JONATHAN NACKSTRAND/AFP via Getty Images)

Um acidente de trânsito tirou a brasileira Bruna Moura, do esqui cross country, das Olimpíadas de Inverno, que serão realizadas em Pequim. Ao buscar uma ultrapassagem em uma rodovia na cidade de Obervintl, na Itália, o carro em que Bruna estava se chocou contra um caminhão. O motorista faleceu na hora do acidente, já Bruna sofreu inúmeras contusões como fraturas no pé, no braço, nas costelas e no ombro esquerdo.

A brasileira fazia o trajeto da Áustria, onde ficou fazendo quarentena após ter testado positivo para Covid-19, para a Alemanha, onde pegaria um voo de Munique para a China. Ela havia participado de uma competição na Áustria, onde sua vaga para os Jogos Olímpicos de Inverno havia sido garantida, mas foi infectada um dia após a realização do torneio na Europa.

Leia também:

Bruna Moura foi encaminhada para um hospital na cidade de Lozano, na Itália, de helicóptero. Sobre o acidente, a atleta relatou que: "Eu estava sentada no banco de trás e com o cinto de segurança, os médicos falaram que foi isso que me salvou. Eu não vou para as Olimpíadas de Inverno dessa vez, mas eu estou viva".

Para a vaga de Bruna, que não poderá competir, o Comitê Olímpico Brasileiro convocou Eduarda Ribera, que irá competir em Pequim a partir do dia 4 de fevereiro até o dia 20 do mesmo mês.

Em nota oficial emitida pelo COB, foi informado o que se passou com Bruna e os passos a serem feitos. Confira:

O Comitê Olímpico do Brasil (COB) informa que Bruna Moura, convocada para representar o Brasil nos Jogos Olímpicos Pequim 2022, no esqui cross-country, sofreu um acidente automobilístico próximo à cidade de Obervintl, na Itália. A atleta seguia para a Alemanha, após um período de treinos na Áustria, onde faria os testes RT-PCR exigidos para entrada na China.

Bruna sofreu fraturas na ulna (osso do antebraço) e nos pés e se encontra hospitalizada. O COB e a Confederação Brasileira de Desportos na Neve (CBDN) estão prestando todo o suporte à atleta.

Com a impossibilidade do embarque imediato para Pequim, COB e CBDN convocaram para o seu lugar a atleta Eduarda Ribera, terceira colocada entre as atletas que disputaram as duas vagas femininas do Brasil na modalidade. Duda já vinha cumprindo os protocolos exigidos pelo Comitê Organizador e deve embarcar para a China nesta sexta, 28.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos