Brasileira se classifica para a nova categoria do Mr Olympia

Vida e Tal
·3 minuto de leitura


Natural de São José dos Pinhais, a paranaense Francielle Mattos entrou para a história como a primeira mulher classificada para o Mr Olympia 2021, na categoria Wellness. A vaga veio após uma ótima apresentação no Musclecontest Wellness Pro, realizado no último dia 7, em Campinas. Com um shape irretocável, a brasileira, da equipe Integralmédica, não deu chances às adversárias e faturou o primeiro lugar, seguida por Angela Borges e Susana Rodriguez, respectivamente.

- É a realização de um sonho e ao mesmo tempo uma grande superação pessoal. Quero que a Categoria Wellness seja conhecida no mundo todo. Precisamos acabar com esse estereótipo de que uma atleta de fisiculturismo não pode ser feminina. Podemos sim ter o corpo definido com músculos e ao mesmo tempo ser feminina - afirma Francielle.

A conquista também teve um significado pessoal importante para Francielle. A atleta, de 34 anos, que é mãe de dois filhos, sofreu de depressão após a última maternidade e encontrou no fisiculturismo forças para se recuperar.

- Sou casada e mãe de dois filhos, então foi preciso muita disciplina diária para conquistar esse feito. Ser uma atleta de fisiculturismo exige muita disciplina e foco, e graças à isso puder superar uma depressão pós parto e alguns traumas de infância. Não foi fácil, exigiu muita força física e mental, mas segui firme e consegui - vibra Francielle.

Confira abaixo a entrevista:

O que representa para você ser a primeira mulher do mundo classificada para a próxima edição do Mr Olympia na categoria wellness?

É a realização de um sonho e ao mesmo tempo superação. Sou casada e mãe de dois filhos, e através da disciplina diária de um atleta de fisiculturismo consegui superar uma depressão pós-parto e as dificuldades e traumas de uma infância difícil que enfrentei.

Qual é a sua expectativa para a competição?

As melhores, quero que a categoria Wellness, que foi criada aqui no Brasil, seja conhecida no mundo todo. Quero mostrar também que uma atleta de fisiculturismo pode sim ter o corpo definido com músculos e, ao mesmo tempo, ser feminina.

A preparação começa quanto tempo antes?

Eu sou uma atleta que gosta de se manter bem o tempo todo, mas geralmente começamos o protocolo mais rigoroso três meses antes do campeonato.

Como é a rotina de uma atleta de bodybuilding?

Há 12 anos levo um estilo de vida saudável e voltado para o ganho de massa magra. É um esporte que precisa ser vivido 24 horas por dia. Muito treino de musculação, dieta e exercícios aeróbicos. Até a quantidade de horas que você dorme faz a diferença nos resultados.

Tem algum período off que vocês podem sair e se alimentar sem tanto rigor?

Fora do período de competições meu cardápio é de uma pessoa normal. Nada de muitas restrições, sou casada e mãe, e as refeições sempre fazemos juntos em família. Mas acaba que temos uma rotina bem saudável também porque meus filhos são apaixonados pelo universo do fisiculturismo já que acompanham tudo de perto.

Qual é o seu grande objetivo como atleta?

Na minha carreira é ser campeã do campeonato mais importante de fisiculturismo do mundo que é o Mr Olympia. Mas umas das coisas que mais tenho prazer é incentivar e ajudar tantas mulheres a se descobrirem e mudarem suas vidas através da divulgação da minha rotina diária nas redes sociais.