Brasileira Maria Portela perde luta de mais de dez minutos no judô e vai aos prantos

·1 minuto de leitura
***ARQUIVO***PINDAMONHAGABA, SP,  09-04-2018: A judoca Maria Portela. (Foto: Rafael Hupsel/Folhapress)
***ARQUIVO***PINDAMONHAGABA, SP, 09-04-2018: A judoca Maria Portela. (Foto: Rafael Hupsel/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Em luta de 10 minutos e 58 segundos, a judoca brasileira Maria Portela, 33, foi eliminada após receber três advertências diante da russa Madina Taimazova, 22, no tatame do Nippon Budokan, nesta quarta-feira (28). Ela compete pela categoria até 70 kg nas Olimpíadas de Tóquio-2020.

Após uma vitória tranquila na primeira rodada, a brasileira, décima colocada no ranking mundial, teve uma batalha complicada contra a russa, 14ª do mundo.

A decisão foi para o golden score, que durou mais de dez minutos. Maria e Madina receberam duas advertências cada e, quem cometesse a terceira, seria eliminada.

Após levar a advertência decisiva por falta de combatividade, ela desabou em choro. Ainda durante o tempo extra, a brasileira chegou a derrubar a adversária, mas a arbitragem considerou que ela não caiu com as costas no chão, e não considerou como ponto, o que consagraria Maria Portela.

Se vencesse, a brasileira já estaria nas quartas de final e ficaria a duas vitórias de brigar pelo ouro. Em caso de derrota na semifinal, ela poderia ir para a repescagem e brigar por um bronze.

Em sua primeira luta, contra Nigara Shaheen, 28, da equipe olímpica dos refugiados e 186 do ranking mundial, Maria precisou de apenas 28 segundos para aplicar um ippon.

Essa, aliás, foi a segunda luta-relâmpago do dia, no Nippon Budoka. Antes de Maria, foi o brasileiro Rafael Macedo, 26, quem sofreu um ippon, aos 31 segundos de luta, de Islam Bozbayev, 30, do Cazaquistão.

Pouco antes do confronto entre Maria e Madina, Barbara Timo, brasileira naturalizada portuguesa, não resistiu ao ippon da croata Barbara Matic e foi eliminada.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos