Brasileira Fagna Sousa é campeã do Campeonato Intercontinental 24 Horas

O Campeonato Intercontinental 24 Horas teve a participação de 103 competidores do Brasil, Argentina, Bolívia, México, Paraguai e Uruguai. (Divulgação)


Ao dar 524 voltas numa pista de atletismo, a paraibana Fagna Sousa, de 39 anos, conquistou o título feminino do Campeonato Intercontinental 24 Horas, disputado, no último fim de semana (12 e 13), no Centro de Atletismo Professor Oswaldo Terra, em São Bernardo do Campo (SP). A brasileira deu 17 voltas a mais que a segunda colocada, a uruguaia Angelina Grassi. O terceiro lugar ficou com a argentina Mariana Allende, com 501 voltas.

“Minha preparação durou seis meses, de dia e de noite, e minha expectativa era atingir esse resultado. Essa foi minha segunda prova de 24 horas, sendo que a primeira foi em Natal, em maio, que também venci. Como precisava de índice para a seleção, tinha de disputar o Intercontinental. Felizmente, consegui atingir meu objetivo”, destacou a campeã do Campeonato Intercontinental 24 Horas.

No masculino, a vitória foi do uruguaio Fernando Martinez, com 604 voltas, 50 a mais que o brasileiro Gabriel Mafalda, com 554. O terceiro colocado foi o também brasileiro José Barbosa, com 540 voltas.

Na disputa por equipes, que considerou os três melhores resultado de cada uma das seis nações participantes _ Brasil, Argentina, Bolívia, México, Paraguai e Uruguai _,os ganhadores foram Argentina (feminino) e Uruguai (masculino).

Ao todo, 103 competidores participaram do evento, que fez parte das comemorações da Independência do Brasil. Na prova Open, que reuniu apenas atletas nacionais, os vencedores foram Tiarles Santos, no masculino, com 567 voltas, e Jennys Barillas, com 476 no feminino.

Resultados do Campeonato Intercontinental 24 Horas

Masculino: 1. Fernando Martinez (Uruguai), com 604 voltas, em 23h51m45s; 2. Gabriel Mafalda |(Brasil), com 554 voltas, em 23h55m07s; e 3. José Barbosa (Brasil), com 540 voltas, em 23h53m36s.

Feminino: 1. Fagna Sousa (Brasil), com 524 voltas, em 23h53m43s; 2. Angelina Grasii (Uruguai), com 507 voltas, em 23h52m25s; e 3. Mariana Allende (Argentina), com 501 voltas, em 23h51m54s.

Equipes – Masculino: 1. Uruguai, com 1.578 voltas; 2. Brasil, com 1,518 voltas; e 3. México, com 1.502 voltas. Feminino: 1. Argentina, com 1.507 voltas; 2. Brasil, com 1.435 voltas; e 3. Uruguai, com 1.423 voltas.

Open 24H
Masculino
: 1. Tiarles dos Santos (Brasil), com 567 voltas, em 23h52m48s; 2. José Nilton Soares (Brasil), com 527 voltas, em 23h50m48s; e 3. Alderlandio Santos (Brasil), com 491 voltas, em 23h52m25s.

Feminino: 1. Jennys Barillas (Brasil), com 475 voltas, em 23h53m05s; 2. Zilma da Silva (Brasil), com 417 voltas, em 23h50m41s; e 3. Cristiana Uehara (Brasil), com 325 voltas, em 23h52m20s.