Brasil registra pior desempenho ofensivo desde a Copa de 1978

Brasil aplaude a torcida após derrota de 1 a 0 para Camarões. Foto: NELSON ALMEIDA/AFP via Getty Images
Brasil aplaude a torcida após derrota de 1 a 0 para Camarões. Foto: NELSON ALMEIDA/AFP via Getty Images

A Seleção Brasileira está classificada para fase de “mata-mata” da Copa do Mundo após vencer duas partidas e com a perda de um duelo. O que deu para notar até aqui é a solidez defensiva, “marca registrada” das equipes do Tite. Agora outro levantamento feito pelo site UOL é que o Brasil registra baixo desempenho ofensivo igual a Copa do Mundo de 1974.

Ou seja, nesse Mundial depois do tri de 70 o Brasil fez três gols também. Outro agravante é que a maioria desses atacantes brasileiros atuam na Premier League, La Liga e Ligue 1, competições renomadas da Europa.

Leia também:

Vale lembrar que entre as equipes que se classificaram para as oitavas, o Brasil é o terceiro que menos marcou ao lado da Austrália, com apenas três gols, e acima somente de Estados Unidos e Polônia, ambas seleções com dois tentos até aqui. Inclusive foi o que menos marcou em seu grupo.

"O jogo mostrou, e vocês fizeram a análise das etapas, ataque e contra-ataque, e a possibilidade de uma efetividade não aconteceu. Camarões teve mérito de fazer o gol e vencer o jogo. Quem perdeu fomos todos nós, nossa preparação é conjunta, a vitória é conjunta, a derrota é conjunta, com o seu técnico sendo porta-voz e um dos responsáveis", opinou Tite em entrevista coletiva nessa sexta-feira (2) após o revés para Camarões.

Dani Alves foi outro que atendeu a imprensa nessa sexta-feira, disse que o elenco vai carregar esse aprendizado dessa derrota para os camaroneses e lamentou a falta de pontaria.

"Mas fica a lição. Fica a lição. Tem que aprender, tem que se reinventar dentro da competição. Agora começa a fase que você não pode cometer nenhum erro. Agora não tem margem para erro. É bom que aconteçam essas coisas nesses momentos para alertar. A partir de agora é briga por espaço, briga por centímetro dentro do campo. Que a gente aprenda essa lição de hoje", falou.