Brasil quer ampliar série de 'bons jogos', diz Tite

·2 minuto de leitura
Tite, técnico da Seleção Brasileira, durante a partida com a Colômbia, pela Copa América

Classificado para as quartas de final e líder, o Brasil pretende ampliar sua sequência de "bons jogos" contra o Equador neste domingo, em Goiânia, no encerramento do Grupo B da Copa América-2021, afirmou o técnico da Seleção, Tite, neste sábado.

“É importante mais do que uma classificação uma sequência de bons jogos e de bons resultados, a gente vai adquirindo confiança, os atletas vão buscando cada vez mais uma evolução de desempenho”, declarou o treinador em entrevista coletiva virtual na concentração da equipe em Teresópolis, na região serrana do Rio de Janeiro.

A seleção brasileira encerrará a primeira fase da competição continental contra um Equador que precisa da vitória para avançar de fase.

O time comandado pelo argentino Gustavo Alfaro tem o dever de derrotar os anfitriões do torneio de seleções, que possuem dez vitórias consecutivas entre amistosos e jogos oficiais, para não depender do resultado entre Peru e Venezuela, que jogam no mesmo horário em Brasília.

“Temos que tomar todos os cuidados possíveis”, alertou o auxiliar-técnico de Tite, Cléber Xavier, na mesma entrevista.

“O Equador nos impôs muitas dificuldades no jogo em que os vencemos por 2 a 0 nas Eliminatórias Sul-Americanas (para a Copa do Mundo). É um adversário forte, que tem velocidade nas laterais, que tem um bom jogo pelo meio, que tem a experiência do Enner Valência como centroavante. É uma equipe que marca e pressiona de forma muito agressiva ”, acrescentou.

- Estreia de Douglas Luiz -

Diante dos equatorianos, Tite vai mexer novamente no time para dar oportunidades a todos os seus jogadores, além de testar novas estratégias de olho na Copa do Mundo de 2022, onde provavelmente o Brasil estará após seis vitórias seguidas nas eliminatórias.

Porém, o treinador apenas confirmou a entrada do meia Douglas Luiz, do inglês Aston Villa, único jogador do elenco que ainda não teve oportunidade em campo e que deve substituir fred no meio de campo.

Outra mudança é o corte do zagueiro Felipe, do Atlético de Madrid, devido a uma lesão.

“Eles têm as mesmas funções, mas com características um pouco diferentes. Douglas Luiz é um jogador com mais esforço, mais apoio, finalização de meia distância, bom pé, qualidade de passe”, disse Tite.

Cléber Xavier, por sua vez, informou que Renan Lodi ocupará a ala esquerda.

“Vou entrar em campo para dar o meu melhor e ajudar o meu time (...) Estamos com uma camisa muito pesada, que é da Seleção Brasileira, temos que entrar em campo para vencer todos os jogos”, afirmou Douglas Luiz.

Aconteça o que acontecer contra os equatorianos, o Brasil manterá a liderança do Grupo B após as vitórias sobre Venezuela, Peru e Colômbia. Seu rival nas quartas de final será definido no encerramento do Grupo A na segunda-feira.

raa/ma/lca

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos