Brasil de Pelotas surpreende vice-líder Cuiabá e vence por 3 a 0 na Série B

Futebol Latino
·3 minuto de leitura


Brasil de Pelotas e Cuiabá jogaram nesta tarde pela 20ª rodada da Série B, no Estádio Bento Freitas, no Rio Grande do Sul. E em um confronto de equipes em que uma busca recuperação e outra que briga pela ponta, quem se deu melhor foi os mandantes ao vencer por 3 a 0, gols de Matheus Oliveira, Dellatorre e Bruno José.

Com o resultado em Pelotas, o Brasil subiu uma posição e agora é o 12º com 25 pontos. Já o Cuiabá, vice-líder com 36 pontos, corre o risco de ser ultrapassado pelo América-MG (35 pontos) e ver a Chapecoense (40 pontos) se distanciar ainda mais na tabela.

Na próxima rodada, o Brasil vai Campinas enfrentar a Ponte Preta. Enquanto isso, o Cuiabá tem um confronto difícil em casa contra o América-MG, que briga pelas primeiras colocações.

BRASIL FEZ O RESULTADO NO PRIMEIRO TEMPO

Em busca de recuperação na Série B e com técnico novo, o Brasil de Pelotas começou a partida sofrendo pressão logo aos cinco minutos de jogo com Hernández chutando e o goleiro Rafael defendendo no reflexo. Apesar disso, ambos times pareceram tímidos nos minutos iniciais.

Aos poucos o Brasil de Pelotas foi gostando do jogo e se aproximando do setor defensivo do Cuiabá. O time do Mato Grosso também tentava ser agressivo, mas parava na barreira criada pelo Xavante. Então se o vice-líder não conseguia furar a zaga de um lado, os gaúchos fizeram o trabalho de abrir o marcador do outro.

Dellatorre puxou o contra-ataque e cruzou para Matheus Oliveira. O camisa 10 chapou e estufou as redes do goleiro João Carlos. Não demorou muito para o Brasil de Pelotas ampliar o marcador. Cinco minutos mais tarde, Danilo Gomes entrou na área e chutou, o arqueiro do Cuiabá espalmou e Dellatorre apareceu para marcar.

E o Brasil de Pelotas gostou do jogo. Aos 39 minutos Dellatorre não marcou porque João Carlos salvou no meio do gol. Já aos 40, Danilo Gomes recebeu na direita, cortou a marcação e Hernández travou. Segundo colocado da Série B, o Cuiabá pareceu surpreendido com a atitude dos rivais nos primeiros 45 minutos.

NO SEGUNDO TEMPO O BRASIL ADMINISTROU E 'MATOU' O JOGO

Na volta do intervalo, o técnico Marcelo Chamusca colocou Elvis e Matheus Barbosa para tentar mudar a postura do Cuiabá. Mas quem teve a primeira chance de perigo foi o Brasil. Após cruzamento, Matheus Oliveira não consegue finalizar. Em seguida Sousa chutou forte e João Carlos novamente apareceu para evitar outro gol.

O Cuiabá conseguiu ficar com a bola no pé e rodar o campo ofensivo para tentar a infiltração com toque de bola. Os cruzamentos eram o último recurso da equipe de Chamusca. Mas bem postada e com quase todos seus jogadores recuados, a defesa do Brasil de Pelotas conseguia travar as jogadas e segurava seu resultado confortável.

O segundo tempo do Brasil foi praticamente inteiro em se defender. O Cuiabá continuava insistindo com a bola de pé em pé, com poucos lançamentos ou cruzamentos. Quando o Xavante recuperava a bola, os jogadores saíam em velocidade para tentar o contra-ataque.

Com a defesa desorganizada, o Cuiabá abriu espaços para o Brasil conseguir através de um lançamento fechar o placar. Aos 43 minutos, Alex Ruan recebeu um lindo passe por cima, tocou para Bruno José que chutou no alto.

Já desanimado, o Cuiabá ainda tentava diminuir a diferença. Mas em vão. A partida terminou mesmo com a vitória dos gaúchos por 3 a 0.