Brasil Open de polo aquático tem início com oito jogos em Bauru

LANCE!
·3 minuto de leitura


O Brasil Open de polo aquático teve início nesta quarta-feira com oito partidas disputadas na Arena ABDA, em Bauru (SP). O evento organizado pela Liga Brasileira de Polo Aquático (PAB) conta com quase 200 atletas, sendo nove equipes no masculino e cinco no feminino. A competição é a primeira desde a paralisação das atividades em função do Covid-19 e todos os participantes, incluindo arbitragem e staff, foram testados.

Antes dos jogos, a PAB realizou a cerimônia de abertura com a presença da ex-atleta olímpica Fabiola Molina, secretária Nacional de Esporte, Educação, Lazer e Inclusão Social (Snelis). Serão disputados ao todo 32 jogos em cinco dias de evento, com as finais do feminino no sábado e do masculino no domingo.

No primeiro jogo do Brasil Open, o SESI-SP, apontado como um dos favoritos ao título, venceu o Paulistano pelo placar de 12 a 5 pelo grupo A. A equipe da Vila Leopoldina, em São Paulo (SP), é a atual campeã do evento.

- Foi um jogo importante para a gente na chave de classificação. Estreamos bem, com uma vitória boa, não foi um jogo tranquilo apesar do resultado. Ficamos quase um ano sem jogar, é sempre muito bom voltar - disse Rudá Franco, capitão do SESI-SP.

Na sequência, o reforçado Esporte Clube Pinheiros venceu a equipe da casa, a ABDA, pelo placar de 10 a 6. O Flamengo ganhou a Sociedade Hípica de Bauru pelo placar de 12 a 8.

À tarde, as equipes voltaram para a piscina da ABDA com mais três jogos. E tanto SESI-SP quanto Pinheiros venceram e permanecem invictos na competição.

Enquanto o SESI-SP venceu o Fluminense pelo placar de 11 a 9, o Pinheiros derrotou o Tijuca Tênis Clube por 18 a 4. Encerrando o primeiro dia de jogos, o Flamengo ficou no empate de 6 a 6 com o Clube Paineiras do Morumby.

No feminino, o Brasil Open contou com dois jogos apenas na rodada inicial. No duelo mais disputado desta quarta-feira, a ABDA empatou com Flamengo com 12 gols cada. Já o Esporte Clube Pinheiros bateu o Sesi SP pelo placar de 13 a 4.

- Foi um jogo bem decisivo, acirrado na verdade. A gente ainda está dentro do jogo, empatou e nos outros jogos vai ser mais difícil ainda e temos que ir pra cima, prestar atenção no saldo de gols que vai contar agora - explicou Letícia Belório, da ABDA.

No feminino, cinco equipes se enfrentam na fase classificatória e os dois melhores fazem a final no dia 21 de novembro. Os times são Sesi-SP, Esporte Clube Pinheiros, ABDA Bauru, Tijuca Tênis Clube e C.R. Flamengo, que jogam pelo título deste ano.

Nesta quinta-feira, a maratona de jogos será aberta com a partida entre Clube Atlhetico Paulistano e Fluminense na chave masculina a partir de 9h. Veja a lista de partidas abaixo

As partidas do Brasil Open 2020 podem ser assistidas pela página oficial da PAB no Facebook -- https://www.facebook.com/ligapoloaquaticobrasil ou pela TV ABDA.

Também participaram da cerimônia André Alves – secretário adjunto da Secretaria de Esportes do Governo Federal, Alessandro Checchinato – Presidente da Liga PAB, Dr. Paulo Eduardo Bernardi – representando a Unimed Bauru, Dr. Luiz Carlos Anésio – delegado da Receita Federal, Vanderlei Mazzuchini – gestor do Bauru Basket, equipe parceira da ABDA, e Alexandre Zwicker – Secretário Municipal de Esportes e Lazer de Bauru.

Jogos de quinta-feira

Masculino

09h – Paulistano X Fluminense
10h15 – ABDA Bauru X Tijuca TC
11h30 – SH Bauru X Clube Paineiras

17h – 3º Grupo A X 3º Grupo B
18h15 – 2º Grupo A X 2º Grupo B
19h30 – 1º Grupo A X 1º Grupo B

Feminino

14h30 – EC Pinheiros X Tijuca TC
15h45 – Sesi X Flamengo
20h45 – ABDA Bauru X Tijuca TC