Brasil na final do Sul-Americano masculino de vôlei

Web Vôlei
LANCE!
Brasil em mais uma decisão de Sul-Americano (Divulgação CBV)
Brasil em mais uma decisão de Sul-Americano (Divulgação CBV)


Como esperado, Brasil e Argentina decidirão, neste sábado, às 18h30 (de Brasília), o Sul-Americano masculino de vôlei. A Seleção verde-amarela conquistou a vaga na final na noite desta sexta-feira, ao derrotar o Chile por 3 sets a 0 – parciais de 25-16, 25-17, 25-21 -, em Santiago, pela semifinal.

Os argentinos eliminaram a Venezuela também em sets diretos – parciais de 25-13, 25-16, 25-13 – na partida de abertura da rodada. Venezuela e Chile disputam o bronze a partir das 16h.

Brasil e Argentina se enfrentaram na última quinta-feira, pela fase classificatória do Grupo A, e o time de Renan Dal Zotto venceu por 3 a 1.

Essa é a 33ª edição do Campeonato Sul-Americano masculino e o Brasil tem 31 títulos – a equipe verde e amarela não disputou a competição em 1964 – ou seja, conquistando, assim, todas as edições que jogou.

Renan escalou o Brasil com: Cachopa, Alan, Flávio, Isac, Leal, Douglas Souza e Thales (líbero). Entraram Carísio, Matheus e Felipe Roque.

A diferença física e técnica entre as duas equipes ficou muito evidente nos dois primeiros sets. Sem fazer muita força, jogando em um ritmo tranquilo, o Brasil fez 25-16 e 25-17. O Chile chegou a equilibrar o terceiro set, encostando em 17 a 18 numa série ruim de passes por parte do Brasil, mas na sequência o time verde-amarelo voltou a virar as bolas no ataque e abriu frente no final da parcial. Em um erro de ataque chileno, a Seleção Brasileira fechou o set em 25 a 21 e o jogo em 3 a 0.

- Jogamos bem hoje. Chile forçou um pouco mais no terceiro set, tivemos a dificuldade em uma rotação, mas conseguimos sair daquela situação. Estivemos muito bem na parte defensiva. Agora é um clássico, teremos de jogar o nosso melhor para cumprir nosso objetivo - comentou Leal.












Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também