Brasil goleia Venezuela e volta a vencer no Sul-Americano sub-17

O Brasil venceu a Venezuela por 4 a 0, nesta sexta-feira, em Rancagua, no Chile, pela segunda rodada do hexagonal final do Sul-Americano sub-17. Os gols foram de Luna, contra, Lucas, Vinícius Júnior e Yuri Alberto.

Com a vitória, o País chegou aos quatro pontos no hexagonal, ocupando a vice-liderança, atrás apenas do Chile. Os venezuelanos, por outro lado, seguem zerados, na lanterna da fase decisiva do torneio.

Na primeira etapa, a equipe de Carlos Amadeu já fez questão de mostrar sua superioridade. Aos 24, Vinícius Júnior, revelação do Flamengo, finalizou, a bola bateu no defensor Luna e entrou: 1 a 0 para o Brasil.

Ainda antes do intervalo, aos 39, o zagueiro Lucas, do Atlético-PR, chegou à área ofensiva e brilhou, ampliando a vantagem e deixando a Seleção confortável para a segunda etapa.

Atento após a estreia, quando também abriu 2 a 0, mas permitiu o empate do Paraguai, a equipe de Amadeu manteve o controle do jogo e, desta vez, não deixou o rival reagir. Assim, mesmo sem grande brilho, a equipe chegou ao terceiro gol, quando Vinícius Júnior aproveitou rebote e colocou nas redes.

Para fechar o placar e transformar a vitória em goleada, o santista Yuri Alberto arrancou pela direita, invadiu a área e estufou as redes, definindo o placar final: 4 a 0.

Na terceira rodada, o Brasil pega o Equador, que ainda não venceu no hexagonal final da competição. A Venezuela, por sua vez, tenta os primeiros pontos na fase decisiva encarando a Colômbia.

Chile vence e assume liderança

Em duelo de duas equipes que venceram na rodada inicial, o Chile fez valer o fator casa e levou a melhor sobre a Colômbia por 1 a 0, assumindo a liderança do hexagonal final do Sul-Americano sub-17, com seis pontos.

O gol foi marcado pelo lateral direito Pozas, aos 19 minutos do primeiro tempo, de cabeça. Com o triunfo, a equipe comandada por Hernán Caputto manteve a invencibilidade na competição, agora com quatro vitórias e dois empates, somando as duas fases.

Na próxima rodada, os anfitriões encaram o Paraguai. A Colômbia, por sua vez, tentará a recuperação diante da Venezuela, para seguir lutando pelo segundo título de sua história no Sul-Americano sub-17.

Paraguai e Equador empatam

Paraguai e Equador empataram por 2 a 2, na partida que abriu a segunda rodada. As duas equipes seguem sem vencer no hexagonal final.

Os equatorianos chegaram a abrir 2 a 0, ainda no primeiro tempo, com gols de Micolta e Luna, mas os paraguaios foram atrás da igualdade, marcando com Zarate e Urbieta.

Com o resultado, os alvirrubros foram a dois pontos, enquanto o Equador chegou ao primeiro. Agora, o Paraguai encara o líder Chile, enquanto a Seleção Brasileira será a rival do time amarelo e azul.