Brasil fecha fase de grupos antes de retornar ao criticado Nilton Santos

·4 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A seleção brasileira fecha neste domingo (27) sua participação na fase de grupos da Copa América, contra o Equador, às 18h, em Goiânia. O SBT e a ESPN Brasil transmitem a partida.

Com três vitórias em três jogos até aqui na competição, a equipe do técnico Tite já está classificada para as quartas de final e tem assegurada a liderança do Grupo B, independentemente do resultado diante dos equatorianos.

No último encontro com eles, no início deste mês, os brasileiros saíram vitoriosos. Em duelo válido pela sétima rodada das Eliminatórias para o Mundial, gols de Richarlison e Neymar definiram a vitória por 2 a 0, no Beira-Rio.

Como seu lugar no mata-mata e a liderança não estão sob risco, a seleção brasileira já pensa na próxima etapa desta Copa América.

Com o primeiro lugar de sua chave, o Brasil ganhou o direito de jogar todas as partidas da fase final no Rio de Janeiro. Notícia comemorada pela comissão técnica, uma vez que a equipe estará perto de seu centro de treinamentos, em Teresópolis, e não precisará fazer longos deslocamentos para os jogos.

Por outro lado, há uma preocupação com o gramado do estádio Nilton Santos, que será o palco das quartas de final. Caso avance, a seleção jogará no local novamente nas semifinais, antes de uma eventual final no Maracanã.

Na vitória de virada por 2 a 1 sobre a Colômbia, na última quarta-feira (23), Tite, que já havia criticado o estado do gramado na goleada sobre o Peru (4 a 0), voltou a mostrar incômodo com o terreno da arena botafoguense.

"Um campo que não vou chamar de horrível, mas muito ruim para se jogar futebol, prejudica todo o espetáculo. Quem quer criar não consegue. É inadmissível atletas de duas equipes de alto nível, que jogam na Europa com tamanha qualidade de gramado e espetáculo melhor, maior, virem jogar num campo nessas condições. A bola fica picotada, nervosa. A fluência das jogadas fica toda prejudicada", disse o técnico, após o triunfo diante dos colombianos.

"Se a gente quer um grande espetáculo, tem que dar as condições. Ficou muito prejudicado. É um dos aspectos que quero deixar bem marcado", completou o treinador, que ainda recebeu uma multa da Conmebol por dizer, antes mesmo da estreia, que o torneio foi organizado de maneira "atabalhoada".

Neste domingo, Tite deverá aproveitar a classificação garantida para dar mais minutos a jogadores que atuaram pouco na Copa América. O volante Douglas Luiz, por exemplo, ainda não jogou na competição, assim como o zagueiro Felipe, lesionado.

Dos que já entraram em campo, Vinicius Junior é quem menos jogou. O atacante do Real Madrid esteve em campo por apenas nove minutos, na estreia, contra a Venezuela, que terminou com vitória brasileira por 3 a 0.

Líder do Grupo B, o Brasil enfrentará na próxima fase o quarto colocado do Grupo A, que pode ser Uruguai ou Chile.

Os uruguaios entram em campo na segunda-feira (28), contra o Paraguai --o Chile já disputou todos os jogos da primeira fase. Caso não pontue, a seleção comandada pelo técnico Óscar Tabárez, campeã da Copa América em 2011, será a adversária dos brasileiros nas quartas de final.

A equipe de Tite inicia o mata-mata na próxima sexta (2), no Nilton Santos. Em caso de classificação, disputará a semifinal no dia 5 de julho. A decisão do torneio está marcada para o dia 10.

Ex-jogador do Flamengo, o meio-campista Lucas Paquetá, do Lyon, concedeu entrevista na última sexta (25) e falou sobre o sonho de retornar ao Maracanã para, quem sabe, levantar mais uma taça com a seleção no estádio.

"Já pensei algumas vezes sobre isso, de poder viver aquilo que já faz parte da minha história. Mas temos que pensar jogo a jogo, disputar cada partida como se fosse a última. Tenho certeza de que, se tivermos esse pensamento, vamos conseguir alcançar essa final. Estar no Maracanã vai ser marcante novamente. Fui muito feliz no Maracanã com o Flamengo, espero ser feliz com a seleção também", afirmou Paquetá, campeão em 2019, e que poderá ganhar mais minutos em campo diante do Equador neste domingo.

Estádio: Olímpico de Goiânia

Horário: 18h deste domingo (27)

Onde assistir: Na TV: SBT e ESPN Brasil

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos