Brasil estreia nas Eliminatórias da Copa-2022 contra a Bolívia

Por Hugo OLAZAR
AFP
O jogador paraguaio Roque Santa Cruz participa do sorteio das eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo do Catar-2022, em Luque, no Paraguai
O jogador paraguaio Roque Santa Cruz participa do sorteio das eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo do Catar-2022, em Luque, no Paraguai

O Brasil vai dar início a sua trajetória nas eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo do Catar de 2022 enfrentando a Bolívia em casa enquanto que a Argentina, sem Lionel Messi, que terá que cumprir suspensão, vai receber o Equador na primeira rodada, no dia 26 de março.

De acordo com o sorteio realizado nesta terça na sede da Conmebol, em Assunção, a primeira etapa terá duelos entre Paraguai e Peru, Colômbia e Venezuela (a única equipe sul-americana que nunca se classificou para uma Copa do Mundo) e Uruguai contra o Chile em Montevidéu, duas das seleções que "podem sofrer com a mudança de gerações", de acordo com o ex-capitão celeste Diego Lugano.

Será a sétima eliminação consecutiva, desde a Copa do Mundo na França-1998, com o sistema de todos contra todos, em partidas de ida e volta e será disputada em datas duplas, 18 no total, de março do próximo ano a novembro de 2021.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Haverá um intervalo durante a Copa América 2020 (de 12 de junho a 12 de julho) que pela primeira vez será organizada por dois países, Colômbia e Argentina.

- Eliminatórias difíceis -

A Conmebol, com dez federações afiliadas, tem direito a quatro vagas diretas para o mundial do Catar-2022 e uma quinta para disputar com uma seleção de outro continente.

O chefe da entidade, o paraguaio Alejandro Dominguez, disse em uma mensagem que a América do Sul voltará a ocupar os lugares históricos em competitividade e triunfos no Catar.

Ele ressaltou que as eliminatórias sul-americanas são reconhecidas como as mais competitivas do mundo, mas infelizmente o continente só tem o direito de ocupar quatro posições e meia nas Copas do Mundo.

"Agora vamos trabalhar para que a Copa do Mundo volte para a América do Sul", afirmou.

Após o sorteio, vários treinadores e personalidades concordaram que as eliminatórias sul-americanas são altamente competitivas e que a maioria das eleições ocorreu.

O técnico do Peru, o argentino Ricardo Gareca, disse que as eliminatórias sul-americanas "têm essa característica: são muito difíceis".

Da mesma maneira, o treinador do Chile, o colombiano Reinaldo Rueda, disse que as eliminatórias "são muito intensas, muito equilibradas e muito difíceis".

- Messi, a última chance -

Se a Argentina conseguir sua vaga no Catar, algo que ocorre sucessivamente desde a Copa do México de 1970, será o quinto e talvez o último Mundial de Lionel Messi, de 32 anos, que perdeu a final da Copa do Brasil-2014 contra a Alemanha e nunca conseguiu conquistar um título com a seleção principal.

Messi não poderá jogar a primeira partida da eliminatória contra o Equador em março porque terá que cumprir um jogo de suspensão por ter sido expulso na disputa pelo terceiro lugar da Copa América do Brasil deste ano, contra o Chile.

Várias das principais figuras sul-americanas "vão começar as eliminatórias com 32 anos mas vão terminar com 34, 35. Não é a mesma coisa. Eu sei disso por experiência. Esse é o grande drama de todas as seleções. As mudanças geracionais são notadas no meio de uma competição tão exigente como as eliminatórias", disse Lugano.

Como Messi, os uruguaios Luis Suárez e Édinson Cavani, que formam a temida dupla de ataque do Uruguai, vão chegar com 35 anos à Copa do Mundo do Catar (que será disputada entre novembro e dezembro de 2022) se a Celeste se classificar.

Para a geração dourada do Chile, que conquistou as Copas América de 2015 e 2016 liderada por Arturo Vidal e Alexis Sánchez, mas fracassou na tentativa de se classificar para a Copa da Rússia-2018, estas serão as últimas eliminatórias.

O Brasil, atual campeão da Copa América, será primeiro anfitrião do clássico sul-americano com a Argentina, na sexta rodada, em outubro de 2020, enquanto que a revanche será em Buenos Aires na 14a rodada em setembro de 2021.

Calendário das eliminatórias para a Copa do Mundo Catar-2022:

RODADA 1: quinta-feira 26 de março 2020

Argentina vs. Equador

Uruguai vs. Chile

Colômbia vs. Venezuela

Brasil vs. Bolívia

Paraguai vs. Peru

RODADA 2: terça-feira 31 de março 2020

Bolívia vs. Argentina

Peru vs. Brasil

Venezuela vs. Paraguai

Chile vs. Colômbia

Equador vs. Uruguai

RODADA 3: quinta-feira 3 de setembro 2020

Argentina vs. Paraguai

Colômbia vs. Uruguai

Brasil vs. Venezuela

Bolívia vs. Equador

Chile vs. Peru

RODADA 4: terça-feira 8 de setembro 2020

Peru vs. Argentina

Uruguai vs. Brasil

Venezuela vs. Chile

Paraguai vs. Bolívia

Equador vs. Colômbia

RODADA 5: quinta-feira 8 de outubro 2020

Argentina vs. Uruguai

Colômbia vs. Brasil

Venezuela vs. Equador

Bolívia vs. Peru

Chile vs. Paraguai

RODADA 6: terça-feira 13 de outubro 2020

Brasil vs. Argentina

Uruguai vs. Bolívia

Peru vs. Venezuela

Paraguai vs. Colômbia

Equador vs. Chile

RODADA 7: quinta-feira 12 de novembro 2020

Argentina vs. Chile

Uruguai vs. Paraguai

Peru vs. Colômbia

Brasil vs. Equador

Bolívia vs. Venezuela

RODADA 8: terça-feira 17 de novembro 2020

Colômbia vs. Argentina

Venezuela vs. Uruguai

Paraguai vs. Brasil

Chile vs. Bolívia

Equador vs. Peru

RODADA 9: quinta-feira 25 de março 2021

Venezuela vs. Argentina

Peru vs. Uruguai

Bolívia vs. Colômbia

Chile vs. Brasil

Equador vs. Paraguai

RODADA 10: terça-feira 30 de março 2021

Argentina vs. Bolívia

Uruguai vs. Equador

Colômbia vs. Chile

Brasil vs. Peru

Paraguai vs. Venezuela

RODADA 11: quinta-feira 3 de junho 2021

Paraguai vs. Argentina

Uruguai vs. Colômbia

Peru vs. Chile

Venezuela vs. Brasil

Equador vs. Bolívia

RODADA 12: terça-feira 8 de junho 2021

Argentina vs. Peru

Colômbia vs. Equador

Brasil vs. Uruguai

Bolívia vs. Paraguai

Chile vs. Venezuela

RODADA 13: quinta-feira 2 de setembro 2020

Uruguai vs. Argentina

Peru vs. Bolívia

Brasil vs. Colômbia

Paraguai vs. Chile

Equador vs. Venezuela

RODADA 14: terça-feira 7 de setembro 2021

Argentina vs. Brasil

Colômbia vs. Paraguai

Venezuela vs. Peru

Bolívia vs. Uruguai

Chile vs. Equador

RODADA 15: quinta-feira 7 de outubro 2021

Chile vs. Argentina

Colômbia vs. Peru

Venezuela vs. Bolívia

Paraguai vs. Uruguai

Equador vs. Brasil

RODADA 16: terça-feira 12 de outubro 2021

Argentina vs. Colômbia

Uruguai vs. Venezuela

Peru vs. Equador

Brasil vs. Paraguai

Bolívia vs. Chile

RODADA 17: quinta-feira 11 de novembro 2021

Argentina vs. Venezuela

Uruguai vs. Peru

Colômbia vs. Bolívia

Brasil vs. Chile

Paraguai vs. Equador

RODADA 18: terça-feira 16 de novembro 2021

Equador vs. Argentina

Peru vs. Paraguai

Venezuela vs. Colômbia

Bolívia vs. Brasil

Chile vs. Uruguai

Leia também