Clube dinamarquês bane torcedores que jogaram ratos mortos em adversários

Copenhague, 28 abr (EFE).- O Brondby, clube da primeira divisão do Campeonato Dinamarquês, anunciou nesta sexta-feira que identificou os torcedores que lançaram ratos mortos nos jogadores do Copenhague durante o clássico do dia 17 e os baniu de seu estádio por um ano.

Além disso, as duas pessoas identificadas deverão pagar uma multa de 5 mil coroas dinamarquesas (672 euros) cada uma por violarem as regras de comportamento no estádio.

A polícia dinamarquesa também abriu uma investigação contra os torcedores identificados para determinar se estes infringiram a lei, informou o clube dinamarquês em comunicado.

O incidente ocorreu no segundo tempo do jogo, quando vários ratos mortos foram lançados em campo do setor da arquibancada destinado aos torcedores do Brondby, quando o lateral Ludwig Augustinsson se preparava para bater um escanteio.

O clássico da capital dinamarquesa acabou com a vitória, por 1 a 0, do Copenhague, que está muito perto de conquistar o título nacional faltando seis rodadas para o término da competição. EFE