Brasil deve poupar titulares em jogo contra Camarões

Tite durante treino da seleção brasileira em Doha, no Catar

Por Fernando Kallas

DOHA (Reuters) - O técnico da seleção brasileira, Tite, deve fazer um rodízio dos convocados para a última partida do Grupo G da Copa do Mundo, contra Camarões, na sexta-feira, com o objetivo de manter alguns jogadores mais descansados para as oitavas de final.

Com a passagem já marcada para a fase de mata-mata após duas vitórias, o Brasil deve poupar jogadores e aguardar o retorno de outros, como Neymar, Alex Sandro e Danilo, que estão lesionados.

O lateral-esquerdo da Juventus Alex Sandro sofreu uma lesão no quadril na vitória da seleção por 1 x 0 sobre a Suíça, enquanto o atacante Neymar, do Paris Saint-Germain, e o lateral-direito Danilo, da Juventus, sofreram lesões no tornozelo na vitória por 2 x 0 sobre a Sérvia na estreia. O médico da seleção brasileira, Rodrigo Lasmar, não deu um cronograma específico para o retorno.

Vários jogadores do Brasil também ficaram doentes no domingo, incluindo o meio-campista Lucas Paquetá, que não treinou no sábado e foi substituído no intervalo contra a Suíça.

De acordo com a TV Globo, Tite já disse à equipe que planeja dar chance a alguns que ainda não entraram em campo no Catar diante do time africano.

Camarões ainda tem chances de classificação e enfrentará o Brasil sem o goleiro André Onana, que foi afastado da seleção do país por questões disciplinares.

O Brasil vencerá seu grupo se empatar ou vencer. Se perder e a Suíça vencer a Sérvia, o primeiro lugar será decidido pelo saldo de gols.

Os suíços estão em segundo lugar com três pontos, dois à frente de Sérvia e Camarões, que têm um ponto cada. Ambos precisam vencer para ter alguma chance de seguir em frente na segunda colocação, que seria decidida pelo saldo de gols.