Brasil defende invencibilidade em jogos oficiais contra a Venezuela

Gabriel Santos
·1 minuto de leitura


Quando o Brasil entrar em campo na noite desta sexta-feira (13), às 21h30, no Morumbi, contra a Venezuela, os comandados de Tite vão em busca da terceira vitória nas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2022. E nada melhor do que enfrentar um adversário que nunca venceu a Seleção em partidas oficiais.

O confronto, que marca a abertura da Data FIFA de novembro para o Brasil, será o 25º jogo entre as duas seleções na história. E o histórico de jogos mostra um retrospecto muito favorável para a Amarelinha.

VEJA A TABELA DAS ELIMINATÓRIAS

Em 25 jogos até aqui, o Brasil só perdeu uma vez, por 2 a 0, em amistoso disputado em 2008. Portanto, a seleção Vinotinto nunca venceu o Brasil em jogos oficiais. São 21 vitórias canarinhas e três empates sem contar os amistosos, além de 89 gols marcados e apenas oito sofridos.

A última partida entre as duas seleções aconteceu em 2019, durante a disputa da Copa América. O Brasil chegou a marcar duas vezes, com Gabriel Jesus e Philippe Coutinho, mas teve os gols anulados pelo árbitro de vídeo. Aquela foi a segunda vez que os venezuelanos jogaram contra o Brasil fora de casa e não tiveram a defesa vazada. A outra oportunidade foi em 2009, pelas Eliminatórias, no Morenão, em Campo Grande.

Veja o histórico entre Brasil e Venezuela
Jogos: 25
Vitórias do Brasil: 21
Empates: 3
Derrota: 1
Gols do Brasil: 89
Gols da Venezuela: 8
Maior vitória: Brasil 7 x 0 Venezuela (1999)
Maior derrota: Brasil 0 x 2 Venezuela (2008)