Brasil bate o Chile no handebol masculino e vai à Olimpíada de Tóquio

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Em uma virada impressionante, a seleção brasileira masculina de handebol bateu no Chile neste domingo (14), pelo pré-olímpico disputado em Montenegro, e se classificou para a Olimpíada de Tóquio. A partida terminou 26 a 24 para o Brasil, No intervalo, os chilenos venciam por 17 a 11. Com o resultado e a já esperada vitória da Noruega sobre a Coreia do Sul, o Brasil e a seleção europeia se classificaram para os Jogos. A seleção começou o quadrangular sendo goleada exatamente para a Noruega, favorita, por 32 a 20, na sexta (12), mas se recuperou na partida seguinte, quando venceu a Coreia do Sul por 30 a 24, e encerrou sua participação com a vitória deste domingo. Na partida diante dos chilenos, os destaques foram Leo Dutra, que fez cinco gols, e João Silva, que fez quatro. A seleção chilena vinha sendo um incomodo para o time brasileiro nos últimos anos. Nos Jogos Pan-Americanos de Lima, em 2019, o Brasil perdeu a chance de disputar a final contra a Argentina (que valia a vaga olímpica) com uma derrota por 32 a 29 para os chilenos na semifinal. Na Olimpíada de 2016, no Rio de Janeiro, a seleção masculina conquistou sua melhor campanha nos Jogos, com um sétimo lugar. O time não havia conseguido a classificação para os Jogos anteriores (Londres-2012). Já a seleção feminina garantiu a classificação para Tóquio com o título nos Jogos Pan-Americanos de Lima, em 2019. No masculino, o título (e a vaga olímpica) ficou com a Argentina.