Brasil bate Argentina no basquete em torneio de preparação para Mundial

Seleção bateu a Argentina na estreia no Torneio Internacional de Lyon (Foto: Divulgação/CBB)
Seleção bateu a Argentina na estreia no Torneio Internacional de Lyon (Foto: Divulgação/CBB)


A Seleção Brasileira masculina de basquete estreou com vitória no Torneio Internacional de Lyon, na França, que serve como preparação para o Campeonato Mundial da China, entre 31 de agosto e 15 de setembro. Os comandados de Aleksandar Petrovic bateram a Argentina por 89 a 82.

O time verde e amarelo volta à quadra nesta sexta-feira, às 16h (de Brasília), para encarar a França. A competição conta ainda com os donos da casa e Montenegro.

O ala Vitor Benite anotou 15 pontos e foi decisivo no último período. O ala-armador Leandrinho marcou 14. O cestinha da partida foi o armador argentino Nicolás Laprovittola, com 18 pontos.

– Eu tinha muitas dúvidas, pois sei que é muito difícil bater a Argentina. Esse é nosso primeiro jogo de verdade nesse nível e ganhamos de um campeão Pan-americano. Tivemos 20 minutos muito bons, mas precisamos ser mais consistentes. Porém ganhar da Argentina é sempre importante. Podíamos ter vencido de uma maneira mais tranquila, mas precisava dar tempo de jogo para todo mundo. Temos que corrigir muitas coisas, mas para o primeiro teste de verdade acredito que foi bom – avaliou o treinador.

A França só jogaria a partida de fundo, mas o torcedor local chegou cedo, lotou a Arena Astrobolle e não se arrependeu. Como nos últimos encontros, Brasil e Argentina fizeram um clássico de tirar o fôlego.

Se os argentinos concentraram seu jogo no veterano Luís Scola e em Laprovittola, a equipe de Petrovic procurou usar todas suas armas. E a estratégia funcionou. Com uma pontuação bem dividida, uma defesa agressiva, principalmente no último quarto, e Benite cirúrgico no fim, a Seleção jogou bem para bater os atuais campeões pan-americanos.

– Foi um bom jogo, apesar de termos bastantes erros. O resultado final valeu muito, pois Brasil e Argentina nunca é fácil por conta da rivalidade. Foi importante para a nossa evolução. Agora é focar nos ajustes e chegar no mundial o mais preparado possível – disse o armador Yago.

O Mundial, que distribuirá sete vagas para os Jogos Olímpicos de Tóquio-2020, é o maior objetivo dos brasileiros nesta temporada. A Seleção precisar terminar entre os dois melhores das Américas para carimbar o passaporte.














Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também