Brasília vence clássico contra o Flamengo antes dos playoffs do NBB

Flamengo e Brasília protagonizaram neste sábado um dos maiores clássicos do basquete brasileiro e que já decidiu dois títulos de NBB na Arena Amadeu Teixeira, em Manaus. Contando com forte presença de sua torcida no Norte, o time rubro-negro não conseguiu se vingar da derrota no jogo de Brasília, apesar de travar um duelo equilibrado, e acabou superado novamente, agora por 77 a 71 na última partida antes dos playoffs.

Se no primeiro encontro entre as duas equipes na temporada, no último dia 14 de janeiro, O Brasília levou a melhor jogando na capital federal, agora foi a vez da equipe do técnico Bruno Savignani aprontar para cima do líder do NBB em Manaus, no Amazonas.

Os grandes destaques do Brasília foram Lucas Mariano, cestinha da partida com 20 pontos, e Guilherme Giovannoni, que saiu de quadra com um duplo-duplo (15 pontos e 11 rebotes). Já pelo lado do Flamengo quem chamou a atenção foi Marquinhos, maior pontuador do time rubro-negro com 17 tentos.

O jogo – O primeiro tempo foi marcado pelo equilíbrio. Com bastante consistência defensiva, as equipes não ofereciam muitos espaços para infiltrar no garrafão e dificultavam o papel do ataque. Empatado praticamente durante todo o período, o primeiro quarto terminou da mesma maneira (20 a 20), refletindo o que seria o confronto.

A tônica dos primeiros dez minutos de partida se manteve no segundo quarto. O Brasília começou bem e mais agressivo conseguiu abrir uma pequena vantagem no marcador. Já na segunda metade do período o Flamengo resolveu acordar e pôde chegar ao empate, indo para o intervalo com 38 a 38 no placar.

Líder da temporada regular com 21 vitórias e apenas seis derrotas, o Flamengo vinha realizando um duelo extremamente difícil contra o Brasília, empatado na terceira colocação do NBB com o Franca. A igualdade continuou e pouco se podia prever em relação ao resultado final com tamanha disputa a cada bola.

Foi aí que Guilherme Giovannoni resolveu aparecer. Acionando seus companheiros de equipe e com bastante presença ofensiva, o ala-pivô acabou chegando ao duplo-duplo, com 15 pontos e 11 assistências, e ajudando na construção de uma importante vantagem que o Brasília administrou bem até os segundos finais para conseguir mais uma importante vitória sobre o líder Flamengo nesta temporada, agora fora de casa.