Bragantino quebra marca de Carille e sai na frente do Timão no Paulista

Marcio Porto
LANCE!

O Bragantino saiu na frente do Corinthians nas quartas de final do Campeonato Paulista. Neste domingo, no Pacaembu, a equipe de Bragança dominou o segundo tempo da partida e abriu vantagem com vitória por 3 a 2 em cima do atual campeão estadual e brasileiro. Matheus Peixoto, Vitinho e Ítalo fizeram para o Braga, enquanto Balbuena e Pedrinho descontaram. A volta será na próxima quinta-feira às 20h na Arena, e o Massa Bruta pode até perder por um gol de diferença que avança às semifinais. O Timão precisa vencer por pelo menos um para levar a decisão para os pênaltis. No fim, a torcida cobrou a equipe e já projetou o segundo jogo com o famoso "É quinta-feira".

As mudanças
Uma substituição incomum do Bragantino no início do segundo tempo acabou sendo decisiva. Logo no primeiro minuto após a volta do intervalo, Léo Jaime foi ao chão. A torcida do Corinthians chiou achando tratar-se de cera, pois o adversário vencia por 1 a 0, mas Léo precisou ser substituído. Entrou Ítalo, que acabou como figura da partida. Ele criou a jogada do segundo gol e fez o terceiro, fundamental para a vantagem conquistada. Já Carille levou azar quando trocou Fagner por Mantuan. O garoto jogará a volta, já que o titular estará na Seleção, e foi envolvido por Ítalo no lance do segundo gol.

Fim de marca de Carille
A derrota foi terrível para o técnico do Corinthians. Acabou com a invencibilidade dele em jogos de mata-mata desde que assumiu o time. Em 18 jogos, eram oito vitórias e dez empates. Não há mais essa marca. O Timão também sofreu três gols pela primeira vez na temporada. A última vez tinha sido na derrota de 3 a 0 para o Flamengo, na penúltima rodada do Brasileiro do ano passado. Este ano, ainda teve derrota de 4 a 2 para o Rangers (ESC), mas na Flórida Cup, torneio de pré-temporada.

Corinthians muito abaixo e alento
O Corinthians começou bem o jogo, mantendo a posse e abrindo espaços, mas caiu a partir do fim do primeiro tempo. O segundo foi irreconhecível, apesar dos dois gols. Muito espaço atrás e pouca criação. Os quatro homens de frente tiveram uma jornada muito ruim. Maycon foi bem. E o alento veio com o jovem Pedrinho, autor do gol que deixou a equipe bem viva, e com futebol leve. Pode pintar como titular na volta.

FICHA TÉCNICA
BRAGANTINO 3 X 2 CORINTHIANS
Local: Pacaembu, São Paulo (SP)
Data-Hora: 18/3/2018 - 16h
Árbitro: Leandro Bizzio Marinho
Auxiliares: Anderson Jose de Moraes Coelho e Vitor Carmona Metestaine
Público/renda: 14.153 pagantes/R$ 607.694,00
Cartões amarelos: Gerley, Ítalo, Lázaro e Vitinho (BRA)
Cartões vermelhos: -
Gols: Matheus Peixoto (47'/1ºT) (1-0), Balbuena (20'/2ºT) (1-1), Vitinho (25'/2ºT) (2-1), Ítalo (31'/2ºT) (3-1), Pedrinho (42'/2ºT) (3-2)

BRAGANTINO: Alex Alves; Diego Macedo (Robertinho, aos 40'/2ºT), Lázaro, Guilherme Mattis e Fabiano; Adenílson e William Schuster; Vitinho (Gerley, aos 34'/2ºT), Danilo Bueno e Léo Jaime (Ítalo, a 2'/2ºT); Matheus Peixoto. Técnico: Marcelo Veiga.

CORINTHIANS: Cássio; Fagner (Mantuan, aos 23'/2ºT), Balbuena, Henrique e Sidcley; Gabriel e Maycon; Romero (Mateus Vital, aos 32'/2ºT), Rodriguinho e Clayson (Pedrinho, no intervalo); Emerson Sheik. Técnico: Fábio Carille.




















E MAIS:

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também