RB Bragantino pressiona, vence Fortaleza e volta ao G4 do Brasileirão

·3 min de leitura


Em um duelo na parte de cima da tabela, o Fortaleza foi até o Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista, enfrentar o RB Bragantino. Jogando pela 32ª rodada do Brasileirão, as equipes se encontraram neste sábado, 13. Assim, com dois gols em menos de 15 minutos, o Massa Bruta abriu vantagem e venceu por 3 a 0. Helinho, Ytalo e Artur marcaram.

+ Veja a tabela do Brasileirão e simule os resultados dos jogos

Com o resultado, o RB Bragantino subiu para a 4ª posição, com 52 pontos. Já o Fortaleza caiu para quinto, com 49, e ainda pode perder mais uma posição para o Corinthians no decorrer da rodada.

Bragantino x Fortaleza
Bragantino x Fortaleza

Bragantino venceu o Fortaleza (Foto: Ari Ferreira/Divulgação)

Aplicativo de resultados do LANCE! está disponível na versão iOS

GOL RELÂMPAGO!

A bola mal rolou, e o Bragantino começou com grande pressão. Aos 2, Artur cruzou na área, e Ytalo cabeceou para a meta, mandando para fora. Na sequência, o gol. Na área, Helinho recebeu e bateu de primeira, balançando as redes do Nabizão.

MAIS UM!

O Fortaleza até tentou segurar a pressão. Contudo, o Bragantino não cedeu espaços para a equipe adversária. Pelo contrário, os mandantes ampliaram a vantagem. Aos 14, Helinho cruzou para Ytalo se jogar na bola e tocar para o fundo das redes.

AINDA NA PRESSÃO...

Após abrir a boa vantagem, o Massa Bruta diminuiu um pouco o ritmo, mas seguiu não dando espaços para o Fortaleza. Aos 21, Aderlan lançou na área, e Helinho bateu de primeira. A bola foi por cima do gol.

RECUPERAÇÃO?

O Fortaleza continuou não tendo muitos espaços. Mesmo tentando encontrar o erro do Bragantino, a defesa do Massa Bruta evitava qualquer chegada de maior perigo. Apenas aos 35 o time visitante conseguiu uma boa oportunidade. Na jogada, Tinga cruzou na medida, e Henríquez cabeceou para a meta, mandando um pouco acima.

UH!

O Tricolor apareceu novamente na sequência. Aos 39, Tinga recebeu de Lucas Lima e cruzou rasteiro na pequena área. A bola, porém, desviou na marcação. Henríquez e Depietri chegaram atrasados e perderam grande chance.

QUASE!

Na volta do intervalo, o Fortaleza mudou seu panorama e retornou mais agressivo. Com isso, no primeiro minuto, Lucas Lima cruzou na área. A bola viajou e foi em Pikachu, que chutou na cara do gol. Cleiton fez grande defesa e evitou um gol no Braga.

PÊNALTI!

O Bragantino não ficou para trás e seguiu na busca de ampliar o placar. Aos 12, Helinho chegou na área e tentou um lençol em Titi. Contudo, o zagueiro do Fortaleza acertou o braço no atacante. A arbitragem marcou penalidade máxima. Na cobrança, Artur mandou com força no canto direito, aumentando a vantagem.

JOGO TRUNCADO...

O duelo ficou bastante truncado, com as duas equipes sofrendo bastante na parte da criação. Com substituições e cartões amarelos, os times mal conseguiram finalizar. Aos 33, o Fortaleza teve uma chance. Na jogada, Igor Torres se livrou da marcação, carregou para o meio e bateu cruzado. Cleiton defendeu.

UH!!!

O Bragantino continuou no ataque. Aos 45, Pedrinho cruzou para Jadsom, que finalizou de primeira, na entrada da área. Boeck fez grande defesa, e Benevenuto afastou qualquer perigo. Sem outros sustos, o duelo terminou no 3 a 0.

FICHA TÉCNICA
Bragantino 3 x 0 Fortaleza
Local:
Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP)
Data: 13/11/2021 - às 19h (de Brasília)
Público/renda: não divulgado
Árbitro: Rafael Traci (SC)
Assistentes: Alex dos Santos (SC) e Johnny Barros de Oliveira (SC)
VAR: Wagner Reway (PB)
​Cartões amarelos: Praxedes, Jadsom Silva e Cleiton (Bragantino); Bruno Melo, Lucas Lima, Matheus Jussa e Depietri (Fortaleza)
​Cartões vermelhos: -
Gols: Helinho, aos 3'/1ºT (1-0); Ytalo, aos 14'/1ºT (2-0); Artur, aos 14'/2ºT (3-0)

BRAGANTINO (Técnico: Maurício Barbieri)

Cleiton; Aderlan, Fabrício Bruno, Léo Ortiz e Edimar; Jadsom Silva, Eric Ramires (Luciano, aos 26'/2ºT) e Praxedes (Pedrinho, aos 19'/2ºT); Artur, Ytalo (Alerrandro, aos 34'/2ºT) e Helinho (Weverson, aos 34'/2ºT).

FORTALEZA (Técnico: Juan Vojvoda)

Marcelo Boeck; Tinga, Marcelo Benevenuto, Titi e Bruno Melo; Felipe (Matheus Jussa, aos 18'/2ºT), Éderson (Ronald, aos 19'/2ºT), Yago Pikachu e Lucas Lima (Matheus Vargas, aos 39'/2ºT); Depietri (Edinho, aos 34'/2ºT) e Henríquez (Igor Torres, aos 18'/2ºT).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos