VÍDEO: Boxeador de 23 anos morre ao ser nocauteado em luta profissional; imagens fortes

·1 min de leitura


Taurai Zimunya, boxeador de 23 anos, morreu no início da semana em decorrência de complicações do nocaute sofrido em uma luta profissional ocorrida no último sábado, no Zimbábue.

Tauri era lutador na categoria peso-galo e desmaiou após receber uma sequência de golpes no 3° round. O oponente não teve o nome divulgado pela imprensa do país. O juiz interrompeu o combate no momento de queda do boxeador, que foi encaminhado ao hospital, mas morreu dois dias depois, na segunda-feira.

+ Veja a posição do seu time no Brasileirão!

O Conselho Nacional de Controle de Boxe e Luta Livre do Zimbábue disse em nota que 'todos os procedimentos médicos necessários foram seguidos' e que 'foi prestada assistência médica de emergência no local antes de o lutador ser levado ao hospital'. Lawrence Zimbudzana, secretário-geral da entidade, comunicou que uma investigação sobre o caso será instaurada.

Boxeador
Boxeador

Foto: Reprodução/Youtube

A mãe do lutador morto, Nyevero, lamentou a perda do filho e revelou que Zimunya 'estava se sentindo bem" durante a semana', mas que escolheu entrar no ringue.

- Estou sofrendo muito com a sua morte. Eu o amava, era meu filho mais velho e ajudava muito nossa família. Era uma criança bem comportada e muito compreensiva. Se eu dissesse que tinha problemas, ele corria para ajudar. Ele vinha treinando o tempo todo, mesmo com a pandemia. Mesmo assim, ele não se sentia bem durante a semana. Perguntei se ele poderia pular essa luta, mas ele disse que estava 100% em forma e que poderia lutar. Fazia muito tempo que ele não lutava e estava ansioso - contou ao tradicional periódico Harald.

Em outubro, Justin Thornton, lutador MMA, também morreu após ser nocauteado na sua estreia no boxe sem luvas.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos