Bottas vence corrida classificatória do GP da Itália, mas Verstappen fica com a pole

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 minuto de leitura
O piloto finlandês Valtteri Bottas, da Mercedes, exibe a medalha de primeiro lugar na corrida classificatória para o grid de largada do GP da Itália, antes de ser punido com a perda da pole position (AFP/LARS BARON)
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Valtteri Bottas, da equipe Mercedes, venceu neste sábado a corrida classificatória que definiu o grid de largada do Grande Prêmio da Itália de Fórmula 1, mas o piloto finlandês acabou penalizado por ter trocado o motor e outros elementos de seu carro, e por isso o holandês Max Verstappen (Red Bull), que chegou em segundo, ficou com a pole position deste domingo no circuito de Monza.

Por conta da penalização, Bottas vai partir da última posição na largada da prova, a ser disputada neste domingo às 10h (horário de Brasília).

Na primeira fila, Verstappen, que lidera o campeonato, terá a companhia do piloto australiano Daniel Ricciardo, da McLaren, terceiro colocado na corrida de classificação.

Já o vice-líder do Mundial, o britânico Lewis Hamilton (Mercedes), vai largar na quarta posição, atrás do compatriota Lando Norris (McLaren).

Realizada pela segunda vez nesta temporada, depois da estreia no GP da Inglaterra, em Silverstone, esta disputa pela pole, uma corrida curta de 30 minutos (18 voltas) que substituiu o tradicional formato de classificação por tempo registrado em uma volta, garante pontuação apenas para os três primeiros colocados (3 para o vencedor, 2 para o segundo e 1 para o terceiro).

Assim, Verstappen ampliou sua vantagem na liderança do campeonato sobre Hamilton para cinco unidades (226,5 contra 221,5), após 13 corridas disputadas das 22 programadas para este ano.

Na prova classificatória deste sábado, o piloto da Mercedes partiu em segundo (posição definida pelos tempos registrados nos treinos de sexta-feira), logo atrás de Bottas, mas teve uma péssima largada e caiu para o 5º lugar, sendo ultrapassado por Verstappen e os carros da McLaren.

Além de Hamilton, outro piloto que não teve um bom dia foi o francês Pierre Gasly (AlphaTauri), que largou do sexto lugar e depois bateu e abandonou a prova. Ele vai ocupar a penúltima posição (19ª) no grid do GP em Monza.

ole/av/mcd/psr/lca

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos