Bottas supera Hamilton no fim e faz a pole na volta da F1 a Ímola

Redação Motorsport.com
·1 minuto de leitura

Após ver Lewis Hamilton liderar o primeiro e único treino livre para o GP da Emilia Romagna de Fórmula 1, Valtteri Bottas brilhou na sessão classificatória em Ímola e cravou a pole position na volta da categoria ao circuito italiano após 14 anos.

O editor recomenda:

F1: Renault se junta à Ferrari e também se coloca contra congelamento dos motores em 2022 Horner: "Deixamos claro" motivos para permanência de Gasly na AlphaTauri F1: Ferrari é "firmemente contra" projeto da Red Bull de congelamento dos motores em 2022

O piloto finlandês da Mercedes cravou 1min13s609 superou o companheiro britânico por 0s097. A terceira colocação ficou com o holandês Max Verstappen, que terá a mesma estratégia de pneus com a Red Bull.

O treino

No Q1, a primeira parte da classificação, Bottas foi o mais rápido, com a marca de 1min14s221. Oito milésimos mais lento, Hamilton foi o segundo, à frente de Verstappen e Leclerc. O francês Pierre Gasly, da AlphaTauri, completou o top-5.

Os eliminados foram Romain Grosjean, francês da Haas, Kevin Magnussen, dinamarquês da Haas, Kimi Raikkonen, finlandês da Alfa Romeo que teve volta rápida deletada por exceder limite de pista, Nicholas Latifi, canadense da Williams, e Antonio Giovinazzi, italiano da Alfa.

Q2

Na segunda parte do qualificatório, Bottas voltou a ser o mais rápido, registrando 1min14s585, 0s058 mais veloz que Hamilton. Ambos os pilotos da Mercedes largarão com os compostos médios.

Os eliminados foram Sergio Pérez, mexicano da Racing Point, Esteban Ocon, francês da Renault, George Russell, britânico da Williams, Sebastian Vettel, alemão da Ferrari, e Lance Stroll, canadense da Racing Point.

Voltamos em instantes com a tabela de classificação completa.