Bottas segura Vettel no final e vence a primeira na F-1; Massa é o 9º

JULIANNE CERASOLI

SOCHI, RÚSSIA (UOL/FOLHAPRESS) - Com uma ótima largada, Valtteri Bottas, da Mercedes, conquistou sua primeira vitória na Fórmula 1. No GP da Rússia deste domingo (30), o finlandês pulou à frente das Ferraris logo no início e caminhou para o triunfo. Líder do campeonato, Sebastian Vettel foi o segundo, com Kimi Raikkonen em terceiro.

O brasileiro Felipe Massa caminhava para terminar na sexta colocação. Um pneu furado na volta 43, no entanto, o obrigou a uma nova parada. O piloto da Williams completou a prova na nona colocação.

Em um GP muito abaixo do esperado, Lewis Hamilton, da Mercedes, terminou apenas na quarta colocação e viu a vantagem de Sebastian Vettel na liderança do Mundial aumentar. Agora, o alemão soma 86 pontos, com o britânico com 73.

A próxima corrida do Mundial de Fórmula 1 está marcada para 14 de maio, em Barcelona, na Espanha.

BOTTAS SEGURA A FERRARI

Depois do feito de conseguir largar à frente de Lewis Hamilton, Valtteri Bottas brilhou logo no início da prova. Na largada, o finlandês passou as duas Ferraris e assumiu a ponta da prova. A partir daí, conseguiu manter o forte ritmo até o momento de sua parada, na volta 28, quando Sebastian Vettel começou a tirar a diferença.

O finlandês, porém, conseguiu segurar o ritmo da Ferrari e caminhar para sua primeira vitória na categoria. A tensão era tanta que durante a perseguição de Vettel, Bottas chegou a pedir para a equipe que conversasse o menos possível no rádio.A perseguição de Vettel durou até a última volta. Nela, Bottas esperou o tempo certo para ultrapassar Felipe Massa e deixar o brasileiro entre ele e a Ferrari do Alemão. A estratégia foi a suficiente para impossibilitar qualquer chance de Vettel.

MASSA

Largando em sexto, Felipe Massa tinha expectativa de fazer frente à Red Bull. O brasileiro, porém, acabou ficando muito distante de Max Verstappen -Daniel Ricciardo abandonou na volta 5. Com isso, coube ao piloto da Williams se preocupar com as Force India.

Depois de conseguir manter o sexto posto na largada, Massa controlava a diferença para as Force India, mesmo tendo parado nos boxes muito antes que seus concorrentes. A corrida do brasileiro, no entanto, ficou prejudicada quando foi obrigado a parar mais uma vez nos boxes, na volta 43, por causa de um pneu furado. Com isso, a nona colocação foi o que restou a Massa.