Bottas exalta aprendizagem em pouco tempo e duelo com a Ferrari

Depois de três corridas disputadas, a disputa pelo título da Fórmula 1 já se desenha entre Sebastian Vettel, da Ferrari, e Lewis Hamilton, da Mercedes. Novo companheiro de Hamilton, o finlandês Valtteri Bottas falou de seus primeiros meses na equipe alemã e da pouca diferença entre os dois principais times da atualidade.

“Nunca na minha vida eu aprendi tanto em um espaço tão curto de tempo como eu aprendi nesses 100 dias com a equipe. Trocar de time em janeiro foi um desafio. Me permiti algum tempo em que não colocarei muita pressão em mim”, afirmou o piloto durante coletiva desta quinta-feira.

Com os primeiros treinos livres marcados para a manhã desta sexta-feira, a Fórmula 1 se prepara para o Grande Prêmio da Rússia. Até agora no campeonato, duas vitórias da Ferrari e uma da Mercedes, com Vettel na primeira colocação geral, 68 pontos, e Hamilton logo na sequência, 61.

“Vai ser mais uma batalha próxima com a Ferrari. Nós provavelmente vamos falar de centésimos novamente. Nosso trabalho é conseguir o máximo de pontos”, acrescentou Bottas, que vem na terceira posição da competição, com 38 pontos.

Contratado após a saída do campeão Nico Rosberg, Bottas também falou sobre o papel de coadjuvante para Lewis Hamilton, tricampeão mundial – duas vezes com a Mercedes. “Se me mandarem sair da frente, eu sairei, mas estou trabalhando para garantir que eu não fique nessa posição”, colocou.

“Até agora vem sendo bom ter Lewis como companheiro. Temos uma relação normal, não nos vimos fora das pistas”, completou o piloto de 27 anos.