Botafogo vence Red Bull Bragantino e se aproxima da Libertadores

RIO DE JANEIRO, RJ, 26.10.2022: BOTAFOGO-BRAGANTINO - Partida entre Botafogo e Bragantino, válida pelo Campeonato Brasileiro 2022, realizada no estádio Engenhão, no Rio de Janeiro, nesta quarta. (Foto: Wanderson Gomes/Photo Press/Folhapress)
RIO DE JANEIRO, RJ, 26.10.2022: BOTAFOGO-BRAGANTINO - Partida entre Botafogo e Bragantino, válida pelo Campeonato Brasileiro 2022, realizada no estádio Engenhão, no Rio de Janeiro, nesta quarta. (Foto: Wanderson Gomes/Photo Press/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O Botafogo venceu o Red Bull Bragantino por 2 a 1 na noite desta quarta-feira (26), no Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ), pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com a vitória, o time alvinegro somou 47 pontos e foi ao oitavo lugar, zona que pode garantir acesso à Libertadores de 2023. Enquanto isso, o rival paulista segue no 13º lugar, com 41 pontos.

O Botafogo começou a partida mais ofensivo que o adversário, abrindo o placar aos 17 minutos, com Gabriel Pires. O elenco bragantino se aproximou mais da área alvinegro no final do primeiro tempo, mas não conseguiu criar oportunidades.

Já na segunda etapa, os visitantes passaram a oferecer mais risco, com Werik Popó finalizando dentro da área duas vezes antes dos 15 minutos. Aos 16 minutos, o time de Bragança Paulista arrancou o empate com Luan Cândido.

O gol bragantino aqueceu o ritmo da partida, e o Botafogo se reorganizou no ataque com mudanças do técnico Luís Castro. Aos 25 minutos, Tchê Tchê apareceu dentro da área, bateu com cruzamento de Junior Santos e ampliou o placar, selando a vitória do time alvinegro.

O próximo compromisso do Botafogo é contra o Cuiabá, na próxima terça-feira (1º), de novo no Nilton Santos. O Red Bull Bragantino vai até Santa Catarina enfrentar o Avaí no dia seguinte, na quarta-feira (2).

BOTAFOGO

Gatito Fernández, Daniel Borges, Víctor Cuesta, Adryelson e Marçal; Tchê Tchê e Gabriel Pires; Victor Sá (Patrick de Paula), Júnior Santos (Diego Gonçalves), Tiquinho Soares e Jeffinho (Lucas Piazón). Técnico: Luís Castro

RED BULL BRAGANTINO

Cleiton, Aderlan, Kevin Lomónaco, Natan e Luan Cândido; Raul, Lucas Evangelista (Gabriel Novaes), Jadsom (Hyoran) e Artur; Werik Popó (Carlos Eduardo) e Sorriso (Helinho). Técnico: Maurício Barbieri

Estádio: Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ)

Renda: R$ 269.673,00

Público: 9.984 pagantes

Árbitro: Dyorgines Jose Padovani de Andrade (ES)

Assistentes: Alessandro Alvaro Rocha de Matos (Fifa/BA) e Fabiano da Silva Ramires (ES)

VAR: Rodrigo Alonso Ferreira (SC)

Cartões amarelos: Gabriel Pires (BOT); Lomónaco, Aderlan, Gabriel Novaes e Popó (RED)

Gols: Gabriel Pires (BOT), aos 17'/1ºT; Luan Cândido (RED), aos 16', e Tchê Tchê (BOT), aos 25'/2ºT.