Botafogo vê conversas sobre o Nilton Santos não avançarem

Textor quer retirada da pista por ela afastar a torcida do campo (Foto: Divulgação/Rio 2016


O imbróglio em torno do Estádio Nilton Santos continua. Mesmo após o acionista da SAF do Botafogo, John Textor, tentar aval para retirar a pista de atletismo e aproximar as arquibancadas de campo, o equipamento permanecerá no local. A informação foi divulgada pelo blog Panorama Esportivo, do jornal "O Globo".

O americano se opõe à presença da pista olímpica, pois acha que ela distancia a equipe dos torcedores botafoguenses. O Nilton Santos está concedido ao Alvinegro, mas pertence à Prefeitura do Rio de Janeiro.

Textor acenou com a possibilidade de procurar um terreno e construir um novo estádio para o clube. No entanto, o prefeito Eduardo Paes fez com que ele voltasse atrás e houve anuência para retirar a pista do estádio.

+ MERCADO DA BOLA: veja como estão as movimentações dos clubes

A chance de remoção da pista para outro local culminou em protestos. Em agosto, um projeto de lei foi elaborado e apresentado na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), proibindo a retirada da pista do local por meio do tombamento dela. A Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt) também se reuniu com Paes e manifestou sua oposição à retirada da pista.

Houve uma criação de um grupo com membros da Alerj, Câmara de Vereadores do Rio de Janeiro e outros órgãos para tentar alternativas. Porém, até agora, nada avançou e a pista permanece no Nilton Santos.