Botafogo tem superávit de R$ 78 milhões em receitas de 2021

Jorge Braga e Durcesio Mello, responsáveis pelo Botafogo (Foto: Vítor Silva/Botafogo)


O Botafogo fechou 2021 no verde. De acordo com o balanço divulgado pelo clube no último sábado, o Alvinegro teve no ano passado um superávit avaliado em R$ 78,4 milhões.

+ VÍDEO: Jorge Jesus fica de pé para registrar festa da torcida do Botafogo no Nilton Santos

A gestão de Durcesio Mello, presidente, e Jorge Braga, CEO, teve como base o corte de gastos. O segundo executivo, inclusive, foi contrato justamente para ajudar na reestruturação de dívidas e renegociação de valores.

Uma das principais ações do Botafogo durante o ano passado foi a entrada no Regime Centralizado de Execuções (RCE). A medida "organizou uma fila" nos credores do Alvinegro, que destina 20% da renda mensal para pagamento de dívidas, e evita penhoras trabalhistas.

Vale lembrar que o Botafogo fechou o balanço de 2020 com déficit e aumento da dívida. O movimento do ano passado foi justamente o contrário: superávit e queda do valor negativo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos