Botafogo-SP enfrenta dupla catarinense para engrenar na Série C

·3 minuto de leitura


Na quinta colocação do Grupo B, o Botafogo-SP busca uma sequência de resultados positivos contra dois times catarinenses para retornar ao G4 da Série C do Campeonato Brasileiro. Nesta segunda-feira (12), o time de Ribeirão Preto recebe o líder Criciúma e, já na rodada seguinte, vai até Florianópolis enfrentar o Figueirense.

>Aplicativo de resultados do LANCE! está disponível na versão iOS

Fora de campo, duas figuras conhecidas na região do sul do país estão trabalhando no Pantera: Paulo Pelaipe como o diretor de futebol enquanto Argel Fucks é o comandante da equipe à beira do gramado.

Com passagens por grandes agremiações no Brasil, Pelaipe chegou no início do para liderar a reformulação do elenco para a temporada 2021. Na Série C, o clube apostou em jogadores experientes e nas categorias de base. No total, 13 jogadores formados no clube estão inscritos na competição nacional.

- Teremos dois jogos difíceis contra equipes tradicionais do futebol brasileiro assim como o Botafogo. Vamos enfrentar o Criciúma, que foi campeão da Copa do Brasil em 1991, e o Figueirense, que por muitos anos ficou na Série A do Brasileiro. São partidas importantes e decisivas para o objetivo do clube que é conquistar a classificação para a segunda fase da Série C. Será uma grande briga pelas quatro vagas até a última rodada - disse Paulo Pelaipe, que já trabalhou no Criciúma.

"Cheguei no Botafogo no final de fevereiro e reestruturamos o departamento de futebol. Dentro da previsão orçamentária do clube, reestruturamos o departamento médico, que é coordenado pelo Rogério Bitar, especialista em ortopedia, o departamento de fisioterapia que tem o Alexandre Collucci, que atende atletas de renome nacional e internacional. Trouxemos também um supervisor, que trabalhou durante 30 anos no Flamengo. Já no futebol contratamos jogadores experientes, acostumados com a divisão e também estamos aproveitando as categorias de base. Hoje, temos 13 jogadores da base no nosso elenco principal - acrescentou o dirigente que estava no Flamengo em 2019 quando o clube carioca venceu a Libertadores e a Copa do Brasil.

Botafogo S/A

Desde 2018, os sócios aprovaram por unanimidade a mudança de gestão da instituição para o modelo de clube-empresa. O futebol botafoguense passou a ser administrado 60% pelo próprio clube e 40% pela Trex Holding, empresa de investimentos comandada por Adalberto Baptista. Para o empresário, essa pode ser uma alternativa viável para melhorar a saúde financeira das instituições.

- Tenho absoluta certeza de que a saída para os clubes vai ser a profissionalização e a transformação em uma empresa, como já foi feito aqui. Os insucessos dentro de campo podem acontecer com ou sem S/A, não é isso que vai caracterizar o desempenho em determinada competição. Mas é isso que pode, sim, estipular uma vida mais saudável e estável a médio e longo prazo, é o que batemos na tecla - disse Adalberto.

Além disso, a Arena Eurobike, espaço multiuso dentro do Estádio Santa Cruz, foi inaugurado e impulsionou o espaço comercial do local. Com shows internacionais programados, a chegada da pandemia afetou o funcionamento do espaço, mas a diretoria seguiu trabalhando com ativações para engajar a torcida.

Paralelamente, o clube irá disputar a Copa Paulista, com previsão de início para setembro. No Grupo 1, o Botafogo estará ao lado de Comercial, Velo Clube e Votuporanguense. O campeão do torneio pode garantir uma vaga na próxima edição da Copa do Brasil.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos