Botafogo se manifesta sobre processo de Loco Abreu e reitera interesse em ‘acordo justo’ com ídolo

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


O Botafogo informou, via assessoria de imprensa, uma atualização do caso na justiça envolvendo o ídolo Loco Abreu. No mês de agosto, o clube foi condenado por 'má-fé' no processo em que os advogados do ex-jogador cobram cerca de 6 milhões de reais, que são referentes ao não pagamento de acordos contratuais. Nesta quinta-feira, o departamento jurídico do Alvinegro recorreu e venceu.

O caso já vem ocorrendo na justiça desde 2017, quando Loco Abreu disse que o clube não depositou 12 parcelas de R$ 190 mil, entre 2013 e 2014, num total de R$ 2,280 milhões. A juíza chegou até a autorizar um pedido do Botafogo para que um perito avaliasse a cobrança, que foi confirmada. Dessa forma, o clube foi condenado por má-fé, em agosto, por atrapalhar o andamento do processo. Porém, o Alvinegro conseguiu recorrer e acabou saindo por cima do caso.

> Aproveitamento fora de casa do Botafogo sobe com Enderson Moreira, mas postura ainda não empolga

O Botafogo disse que almeja buscar um acordo com o ídolo Loco Abreu. Confira a nota oficial divulgada pelo clube.
.
‘Em decisão recente, a Juíza Karenina David Campos de Souza e Silva, da 35ª Vara Cível do TJ do Rio, negou o pleito apresentado pelos advogados do ex-atleta Loco Abreu com alegação de "má-fé" do Clube em sua defesa no processo. O Botafogo reforça a seriedade e a responsabilidade da gestão, inclusive em suas ações na Justiça.

O Botafogo segue discutindo os valores apresentados no processo e reitera interesse em chegar a um acordo justo com Loco Abreu, ídolo da torcida alvinegra e ex-atleta do clube. Contudo, discorda e não reconhece o que está sendo pleiteado por seus advogados, pois há excesso pecuniário inaceitável e sem respaldo material.’

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos