Botafogo só empata com Juventude em casa e sai de campo vaiado

Rio de Janeiro, RJ - 01/05/2022 - BRASILEIRO A 2022, BOTAFOGO X JUVENTUDE - Diego Goncalves jogador do Botafogo comemora seu gol - Partida entre Botafogo x Juventude, no estádio Engenhão pelo Campeonato Brasileiro A 2022. Foto: Jorge Rodrigues/AGIF/Folhapress
Rio de Janeiro, RJ - 01/05/2022 - BRASILEIRO A 2022, BOTAFOGO X JUVENTUDE - Diego Goncalves jogador do Botafogo comemora seu gol - Partida entre Botafogo x Juventude, no estádio Engenhão pelo Campeonato Brasileiro A 2022. Foto: Jorge Rodrigues/AGIF/Folhapress

RIO DE JANEIRO, RJ (UOL/FOLHAPRESS) - No primeiro jogo do técnico Luís Castro no estádio Nilton Santos, o Botafogo recebeu o Juventude e empatou por 1 a 1, gols de Pitta e Diego Gonçalves. A partida foi válida pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro, e o time da casa saiu de campo sob vaias da torcida.

Com o empate, o Fogão vai para 11º lugar com cinco pontos, enquanto o time gaúcho chega a dois pontos, ocupa a 19ª colocação e ainda não venceu nesta edição do torneio nacional.

O próximo jogo do Botafogo é no dia 08 de maio, também pelo Brasileirão, quando fará o clássico contra o Flamengo. Já o Juventude entrará em campo no mesmo dia, quando recebe o Internacional.

O Botafogo começou melhor a partida, pressionando o adversário e não permitindo que o Juventude tivesse chances ofensivas de perigo. A forma que os visitantes encontraram de controlar o ímpeto do time carioca foi fazendo faltas, mesmo que perto da área.

O forte ritmo no ataque e o controle da posse de bola continuou por todo o primeiro tempo. Porém, as chances reais de gol não eram muitas, já que o Juventude estava mais preocupado em se defender do que partir pelo contra-ataque.

O segundo tempo manteve o mesmo script, porém um erro de marcação do Botafogo mudou toda a história. Aos 17 minutos, em rápido contra-ataque, o atacante Pitta aproveitou a marcação errada do time carioca, driblou o zagueiro Philipe Sampaio e chutou forte, no canto esquerdo do goleiro Gatito.

Precisando aumentar ainda mais a intensidade, o técnico Luís Castro fez alterações para deixar o time mais ofensivo. Uma delas foi o jovem Matheus Nascimento, que foi fundamental aos 34 minutos, quando chutou para o gol e viu a bola bater na mão de Paulo Miranda. Na cobrança de pênalti, Diego Gonçalves empatou o confronto.

BOTAFOGO

Gatito Fernández; Saravia, Victor Cuesta, Philipe Sampaio e Daniel Borges; Patrick de Paula (Tchê Tchê), Luis Oyama e Chay (Matheus Nascimento); Gustavo Sauer (Diego Gonçalves), Victor Sá e Erison (Vinícius Lopes). Técnico: Luís Castro

JUVENTUDE

César; Rodrigo Soares (Rômulo), Paulo Miranda, Rafael Forster e William Matheus; Yuri Lima, Jadson e Marlon (Chico); Paulinho Moccelin (Guilherme Parede), Pitta (Vitor Gabriel) e Capixaba (Jean). Técnico: Eduardo Baptista

Competição: 4ª rodada do Campeonato Brasileiro

Dia: 01/05/2022

Hora: 11h (de Brasília)

Local: estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ)

Árbitro: Braulio da Silva Machado (SC)

Assistentes: Alex dos Santos (SC) e Thiaggo Americano Labes (SC)

VAR: Pablo Ramon Goncalves Pinheiro (RN)

Cartões amarelos: Philipe Sampaio e Victor Sá (Botafogo); Paulinho Moccelin, Rodrigo Soares, Marlon, Paulo Miranda e Pitta (Juventude)

Gols: Pitta aos 17 minutos e Diego Gonçalves aos 37 minutos do segundo tempo

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos