Botafogo paga 35% dos salários do mês de março aos funcionários


Depois de quitar os salários referentes ao mês de março do elenco profissional, o Botafogo acertou, nesta sexta-feira, o pagamento de 35% dos vencimentos dos funcionários do mesmo mês. O dinheiro para o pagamento da dívida veio do desbloqueio, com auxílio do Sindicato dos Empregados em Clubes, Federações e Confederações Esportivas e Atletas Profissionais do Estado do Rio de Janeiro (Sindeclubes), de valores de cotas de televisão penhorados.

O Alvinegro ainda não deu previsão do pagamento dos 65% restantes. O clube conta com o apoio do Sindeclubes para conseguir liberar outros valores na Justiça, mas o andamento dos processos ficou prejudicado com as paralisações de parte das atividades do Judiciário impostas pela pandemia.


O clube ainda deve as férias do mês de abril e os salários de maio, que venceram, nesta sexta-feira, quinto dia útil do mês. Os pagamentos tiveram como destino colaboradores do Nilton Santos, Caio Martins e General Severiano.

Na última quinta-feira, o Glorioso já havia quitado valores referentes a CLT dos atletas. Os direitos de imagem, portanto, continuam em aberto. Com a medida ficou afastado o risco de completar três meses de vencimentos não pagos, que poderiam acarretar em rescisões unilaterais de contratos na Justiça.


Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também