Botafogo não tem gol validado por erro da arbitragem e perde para o Sampaio Corrêa na Série B

·3 minuto de leitura


O Botafogo amargou a segunda derrota na Série B do Brasileirão. Neste sábado, o Alvinegro foi derrotado por 1 a 0 pelo Sampaio Corrêa no Castelão, em São Luís, pela 7ª rodada da competição. Daniel Costa marcou o gol do duelo.

Veja a tabela da Série B

A partida ficou marcada por um grotesco erro de arbitragem: o Botafogo não teve um gol validado no segundo tempo, quando o goleiro Mota tirou um chute de Ronald já dentro do gol.

Com o resultado, o Sampaio Corrêa chegou a 12 pontos e entrou no G4 da Série B, subindo para a 4ª colocação. O Botafogo, com um jogo a menos em relação aos demais, não saiu dos 8 pontos e é o nono.

O Sampaio Corrêa volta aos gramados na próxima terça-feira para enfrentar o Remo, às 21h30, na Paraíba, pela 8ª oitava da Série B. Um dia depois, o Botafogo medirá forças com o Vitória no Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda, às 21h30.

QUEM NÃO FAZ...
​O Botafogo tomou conta das ações na primeira metade da partida. Mesmo sem necessariamente sufocar o Sampaio, o Alvinegro criou chances e teve uma oportunidade clara de abrir o placar, desperdiçada por Rafael Navarro ao chutar para fora na pequena área.

O Alvinegro tinha o jogo controlado, mas foi o Sampaio que abriu o placar. Praticamente na primeira descida da Bolívia, Ronald cometeu pênalti após colocar a mão na bola dentro da área. Na cobrança, Daniel Costa estufou o fundo das redes.

MAS HEIN?!
Atrás do placar, o Botafogo voltou para o segundo tempo com uma nova postura: o time continuava tendo a bola, mas passou a realmente assustar o Sampaio. O time chegou a marcar um gol, mas o tento não foi validado de forma absurda pela equipe de arbitragem.

Após cobrança de escanteio, Mota fez uma defesa após cabeçada. No rebote, Ronald chutou de bate-pronto e o goleiro defendeu com a bola já dentro da meta. A arbitragem, porém, não validou o gol e deixou o jogo seguir. Os atletas do Botafogo reclamaram muito, mas não adiantou.

O TEMPO PASSOU...
Mesmo diante das reclamações, o Botafogo continuou em cima. Por outro lado, Felipe Surian fez substituições que deixaram o Sampaio Corrêa ainda mais fechado no sistema defensivo.

No fim do jogo, o Botafogo se jogou totalmente ao ataque em busca de um possível empate, mas teve o caixão fechado. O Sampaio Corrêa dobrou o placar após um longo lançamento e Guilherme Campana, que havia entrado no segundo tempo, entrou sozinho na área para garantir a vitória.

FICHA TÉCNICA
Sampaio Corrêa x Botafogo

Data/Hora: 26/06, às 16h30
Local: Estádio Castelão, em São Luís (MA)
Árbitro: Jean Pierre Goncalves Lima (RS)
Assistentes: Leirson Peng Martins (RS) e Mauricio Coelho Silva Penna (RS)
Gramado: Bom
Cartões amarelos: Allan Godói e Mauro Silva (SAM)
Cartões vermelhos:

Gols: Daniel Costa (1-0, 27'/1ºT); Guilherme Campana (2-0, 47'/2ºT)

SAMPAIO CORRÊA: Mota; Luís Gustavo, Paulo Sérgio, Allan Godói (Nilson Júnior 45'/1ºT), Eloir; Ferreira, Mauro Silva, Daniel Costa (Guilherme Campana 1'/2ºT); Romarinho (Watson 24'/2ºT), Ciel (Zé Mário 17'/2ºT), Roney (Jean Silva 1'/2ºT). Técnico: Felipe Surian.

BOTAFOGO: Douglas Borges; Warley, Kanu, Gilvan, Guilherme Santos (Daniel Borges 30'/2ºT); Luís Oyama, Pedro Castro (Ricardinho 30'/2ºT); Ronald (Felipe Ferreira 38'/2ºT), Marco Antônio (Rafael Moura 30'/2ºT), Chay (Diego Gonçalves 1'/2ºT); Rafael Navarro. Técnico: Marcelo Chamusca.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos