Botafogo 'muda de cara' e se apruma até engatar sua luta por uma vaga na Libertadores


A forma como o Botafogo suou até deslanchar no Brasileirão foi marcada por um árduo desafio. O técnico Luís Castro teve de lidar com uma sucessão de mudanças no decorrer da competição. Agora, de cara e fôlego renovados, a equipe alvinegra encara o Athletico-PR às 16h deste domingo (13) na Arena da Baixada.

A mudança drástica foi evidenciada depois que o clube anunciou nas redes sociais os relacionados para a partida contra o Athletico-PR. Houve comparações com a estreia da equipe no Brasileirão. Entre os titulares que devem ir a campo logo mais, apenas Daniel Borges e Patrick de Paula estavam à disposição do Campeonato Brasileiro.

Já Douglas Borges, Kanu, Lucas Piazon, Matheus Nascimento, Philipe Sampaio, Saravia e Victor Sá, que estão à disposição de Luís Castro logo mais, também eram nomes confirmados na lista para a partida contra o Corinthians. Uma ausência sentida ao comparar as duas relações é a de Gatito Fernández, que sofreu uma luxação no ombro esquerdo e terá de passar por uma cirurgia.

Athletico PR x Botafogo
Athletico PR x Botafogo

Lista é recheada de mudanças (Divulgação / Botafogo)

Contratados na primeira janela do Brasileirão, o zagueiro Cuesta, o volante Tchê Tchê e o meia Lucas Fernandes também se firmaram nesta reta final. Já Adryelson, Marçal, Júnior Santos e Tiquinho Soares, que vieram posteriormente, se consolidaram como titulares sob o comando de Luís Castro.

A lista de relacionados ainda traz 17 nomes que não estavam na estreia da equipe no Brasileirão.

Botafogo x Corinthians
Botafogo x Corinthians

Há remanescentes, mas poucos seguem como titulares (Divulgação / Botafogo)

Apenas Patrick de Paula era titular na equipe que estreou com derrota por 3 a 1 para o Corinthians em 10 de abril. Gatito Fernández era titular na meta e, devido a seu problema no ombro, dará lugar a Lucas Perri.

Autor do gol botafoguense na partida contra o Timão, Diego Gonçalves ficou fora dos gramados devido a uma lesão grave e só voltou a campo na vitória por 2 a 1 sobre o RB Bragantino, em 26 de outubro. O lateral-direito Daniel Borges entrou durante o jogo para substituir Saravia.

A dupla de zaga Philipe Sampaio e Kanu segue à disposição, mas perdeu espaço para Adryelson e Cuesta. Lucas Piazon e Victor Sá também viram outros jogadores pedirem passagem. Matheus Nascimento ainda tenta se reafirmar.

Atletas significativos também deixaram o clube. Os volantes Barreto e Luís Oyama foram emprestados ao RWD Molenbeek, clube de John Textor na Bélgica.

Meia-atacante veloz que vinha em boa fase, Chay foi para o Cruzeiro. Já o xodó da torcida e que ascendeu com seu faro de gol, Erison transferiu-se para o Estoril (POR). Porém, aos poucos, o Botafogo soube driblar seus percalços e encontrou alternativas de peso.

O estilo de Tchê Tchê foi definido como um "farol" pelo próprio técnico Luís Castro. Nesta reta final, Lucas Fernandes retomou seu fôlego e ajudou a acender ainda mais a esperança botafoguense.

Na frente, encaixou a formação com a luta de Júnior Santos, o estilo arisco de Jeffinho e o poderio ofensivo de Tiquinho Soares, um reforço de peso que veio na janela. Em meio a tantos percalços (como lesões e os tropeços em casa), o Alvinegro agora chega com força para disputar a partida decisiva contra o Athletico-PR.