Botafogo goleia o Moto Club e avança à segunda fase da Copa do Brasil

LANCE!
·3 minuto de leitura
Botafogo goleia o Moto Club e avança à segunda fase da Copa do Brasil

Sai, zica! O Botafogo deixou qualquer possibilidade de zebra para trás e, com bom futebol, eliminou o Moto Club nesta quarta-feira, pela primeira fase da Copa do Brasil, com uma goleada por 5 a 0, em partida disputada no Castelão, em São Luís do Maranhão. Pedro Castro, Matheus Babi, Ênio, Warley e Matheus Frizzo fizeram os gols.

>> Ouça o 'Segunda Bola', o podcast do Yahoo com Alexandre Praetzel e Jorge Nicola

Pela classificação, o Botafogo embolsa R$ 1,35 milhão. Na segunda fase, a equipe enfrentará o vencedor de Rio Branco de Venda Nova e ABC-RN, que medem forças na próxima quarta-feira, fora de casa. A data da partida ainda será marcada pela CBF.

O Botafogo volta a ação no próximo sábado, pela 3ª rodada do Campeonato Carioca, para enfrentar o Bangu, às 21h05, no Estádio Nilton Santos. A próxima partida do Moto Club, diante do São José de Ribamar, pela 4ª rodada do Maranhense, ainda terá uma nova data marcada.

Leia também:

FOI RÁPIDO!

O zero a zero não durou muito tempo no placar. No primeiro ataque do Botafogo, Ronald sofreu uma falta central. Mesmo com uma certa distância, Pedro Castro acertou um chute de rara felicidade, acertou o ângulo e fez o gol do Alvinegro.

EVOLUIU!

O ímpeto ofensivo do Botafogo não diminuiu, e a equipe de Marcelo Chamusca conseguiu dobrar a vantagem ainda no primeiro tempo. Após jogada no lado direito, Matheus Babi foi derrubado dentro da área. Na cobrança de pênalti, o próprio camisa 11 cobrou e balançou as redes.

O Glorioso, inclusive, teve a chance de matar o confronto ainda na etapa inicial. Em um fulminante contra-ataque, Warley deixou Marcinho cara a cara com Antônio, mas o estreante foi mal e chutou em cima do goleiro do Moto Club.

VIROU GOLEADA

O segundo tempo começou assim como a etapa inicial: com o Botafogo marcando um gol nos primeiros minutos. Em um contra-ataque de almanaque, Warley cruzou na medida para Ênio só ter o trabalho de finalizar e marcar o primeiro gol como profissional. Goleada alvinegra!

A vida do Botafogo ficaria ainda mais fácil quando Gleydisson, minutos depois do terceiro gol, levou um cartão vermelho. O atacante, que estava há poucos instantes em campo, deu uma entrada por trás em Marcelo Benevenuto e foi expulso de forma direta.

SEM PIEDADE!

E não parou por aí: o Moto Club continuou sofrendo com os contra-ataques do Botafogo. A partida começou a ter um placar elástico quando, em outra jogada de velocidade pelos lados do campo, Ênio devolveu a assistência para Warley, que marcou o quarto.

Virou chocolate! Com a defesa do Moto Club fora de combate, o Botafogo não tirou o pé do acelerador. Mais uma vez aparecendo pelos lados do campo, o time de General Severiano marcou o quinto com Matheus Frizzo, que completou de voleio após cruzamento de Rickson.

FICHA TÉCNICA
MOTO CLUB 0 x 5 BOTAFOGO

Data e horário: 10/03/2021, às 21h30
Local: Castelão, em São Luís (MA)
Árbitro: José Mendonça da Silva Junior (PR)
Assistentes: Rafael Trombeta (PR) e Sidmar dos Santos Meurer (PR)
Gramado: Bom
Cartões amarelos: Wanderson e Raí (MOT); Sousa (BOT)
Cartões vermelhos: Gleydisson (MOT)

Gols: Pedro Castro (0-1, 2'/1ºT), Matheus Babi (0-2, 30'/1ºT); Ênio (0-3, 9'/2ºT); Warley (0-4, 30'/2ºT); Matheus Frizzo (0-5, 37'/2ºT)

MOTO CLUB: Antônio; Diego Renan, Alisson, Wanderson, Carequinha; Recife, Vitão, Cleitinho (Lenílson 11'/2ºT); Luiz Guilherme (Felipinho 31'/1ºT), Jerinha (Gleydisson 11'/2ºT), Raí (Matheuzinho/Intervalo). Técnico: Marcinho Guerreiro.

BOTAFOGO: Douglas Borges; Jonathan, Marcelo Benevenuto, Kanu, Sousa; Luiz Otávio, Pedro Castro (Matheus Frizzo 16'/2ºT); Warley (Zé Welison 32'/2T), Marcinho (Rickson 32'/2ºT), Ronald (Ênio 16'/1ºT); Matheus Babi (Matheus Nascimento 16'/2ºT). Técnico: Marcelo Chamusca.