Botafogo faz proposta para Daniel Garnero, mas argentino recusa por opção pessoal

Sergio Santana
·1 minuto de leitura


A pressão da torcida funcionou e o Botafogo foi oficialmente atrás de Daniel Garnero. As negociações, contudo, não tiveram um final feliz. O ex-treinador do Olimpia até gostou dos números apresentados pelo Alvinegro, mas alegou que quer ficar com a família, na Argentina, até o final do ano e, por isso, não vai aceitar nenhuma proposta no momento.

O Botafogo fez a proposta por intermédio de Dênis Marques, empresário brasileiro com influência no Paraguai. Daniel Garnero afirmou que dinheiro não foi o problema e que ele gostou do que foi oferecido, mas que, no momento, prefere ficar com a família.

Eis o contexto: argentino, Garnero treina no Paraguai há quatro anos. Agora, desempregado, quer aproveitar um pouco do tempo na terra-natal. O treinador afirmou que está disposto a ouvir ofertas, caso haja interesse, para assumir a partir do ano que vem.

A equipe do Rio de Janeiro, por ordem de Túlio Lustosa, procurou oficialmente Daniel Garnero na tarde desta sexta-feira. O argentino virou o plano A, mas o clube volta à estaca zero com a recusa.