Botafogo estreia na fase de grupos da Libertadores contra o Estudiantes

Após passar por dois confrontos eliminatórios, o Botafogo estreia nesta terça-feira pela fase de grupos da Copa Libertadores, contra o Estudiantes-ARG, no estádio Nilton Santos. Os alvinegros vão tentar iniciar a busca pela classificação para as oitavas de final da principal competição sul-americana da temporada.

Leia mais: Adversário do Bota na Libertadores, Verón ganha camisa do Flamengo

Para esta partida, o técnico Jair Ventura espera que o Botafogo repita as atuações na Pré-Libertadores. O comandante alvinegro pregou tranquilidade para sair de campo com a vitória para largar bem no Grupo 1, que ainda tem Atlético Nacional-COL, atual campeão do torneio, e Barcelona de Guayaquil-EQU.

“Temos que ter um equilíbrio. Pensar em vencer, mas sabendo que temos 90 minutos para isso. O importante é fazer valer o fator casa. Buscar a vitória, mas de maneira organizada. Este é o nosso time. Organizado, mesmo sofrendo gols. É uma equipe que vai lutar sempre até o último minuto. Podemos ganhar ou perder, mas quando você aumenta sua intensidade tem mais chances de vencer. Esta é a nossa cara”, disse.

Jair Ventura minimizou o fato do Estadiantes ter feito somente uma partida oficial na temporada. O treinador ainda elogiou a equipe argentina, principalmente o meia Verón, que abandonou a aposentadoria para atuar pelo time pelo qual preside.

“Eles conseguiram estrear contra o Veléz pelo Campeonato Argentino. Perderam, mas fizeram uma boa partida. Eles tiveram bastante tempo de preparação, mesmo sem jogos oficiais. O ritmo de jogo atrapalha, mas não podemos achar que teremos benefícios por isso. São jogadores de bastante qualidade, tem o Verón, que sempre admirei”, declarou.

Para esta partida, o Botafogo tem um desfalque certo: o lateral direito Jonas sofreu um entorse no joelho e vai precisar fazer uma cirurgia. No entanto, Jair Ventura não quis adiantar quem será seu substituto. A tendência é a de que o zagueiro Marcelo seja improvisado no setor, assim como fez contra o Olímpia-PAR.

Pelo lado do Estudiantes, a atenção será toda no meia Verón. O jogador, que não atuava há três anos, voltou a ativa para a disputa da Libertadores. Ele admitiu que está ansioso para novamente sentir as sensações de uma partida.

“As sensações são sempre as mesmas. Estar no vestiário, entrar em campo, disputar uma partida importante como esta. Está claro que serão sensações lindas de sentir”, garantiu.

Na única partida oficial desta temporada, na última semana, o Estudiantes foi derrotado pelo Veléz-ARG, na abertura do Campeonato Argentino.

FICHA TÉCNICA:

BOTAFOGO X ESTUDIANTES-ARG

Local: estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ)

Data: 14 de março de 2017, terça-feira

Hora: 21h (de Brasília)

Árbitro: Jonathan Fuentes (Uruguai)

Assistentes: Nicolas Taran e Richard Trinidad (ambos do Uruguai)

BOTAFOGO: Gatito Fernández, Marcelo, Joel Carli, Emerson Santos e Victor Luís; Airton, Bruno Silva, Camilo e Montillo; Rodrigo Pimpão e Roger

Técnico: Jair Ventura

ESTUDIANTES: Andújar, Sánchez, Schunke, Desábato e Dubarbier; Solari, Ascacibar, Damonte e Rodríguez; Otero e Viatri

Técnico: Nelson Vivas

Mais tarde, a outra partida do Grupo 1, entre Barcelona de Guayaquil-EQU e Atlético Nacional-COL, acontece no Equador. Os donos da casa terão pela frente o atual campeão da competição.

Enquanto o Barcelona vem empolgado após a conquista do título nacional, os colombianos buscam mais uma temporada de sucesso. No entanto, o Atlético Nacional vem sem muitos dos destaques da equipe no ano passado, principalmente negociados com times brasileiros.

O técnico colombiano Reinaldo Rueda prevê um confronto complicado para o Atlético Nacional: “O Barcelona manteve a estrutura da equipe da temporada passada e contratou reforços. Além disso, eles jogam com muita intensidade diante de sua torcida”, disse.

Em outra partida desta terça-feira, pelo grupo 3, o Melgar-PER recebe o Emelec-EQU, no Peru. Este é o mesmo grupo de River Plate-ARG e Independiente Medellin-COL, que jogam no dia seguinte.