Botafogo espera entrosamento melhor após tempo para trabalhar

Sem jogar desde o dia 22 de fevereiro, quando eliminou o Olimpia, no Paraguai, e se garantiu na fase de grupos da Copa Libertadores, o Botafogo teve quase 20 dias para se preparar para a sequência da temporada e recuperar alguns atletas entregues ao departamento médico, como o caso do meia argentino Walter Montillo. Na visão dos jogadores, o tempo se partida permitiu ao time melhorar o seu entrosamento.

Leia mais:

Victor Luis minimiza lesão e se diz pronto para jogar na estreia da Taça Rio

Botafogo garante foco no segundo turno do Campenato Carioca 

“O entrosamento é algo importante em qualquer time e com o Botafogo isso não não é diferente. O clube fez contratações importantes, perdeu alguns jogadores e teve que enfrentar um começo de temporada marcado por pequenas decisões. Portanto, o tempo para as coisas engrenarem precisa ser maior do que aquele que tivemos. Pelo menos conseguimos os primeiros objetivos. Com exceção de ficarmos de fora das semifinais da Taça Guanabara. Mas o Campeonato Carioca permite uma reação e vamos em busca dela. Dessa vez, mais fortes e bem mais entrosados”, afirmou o volante Bruno Silva.

O zagueiro Emerson Silva lembrou ainda que o entrosamento será facilitado pelo fato de o técnico Jair Ventura voltar a contar com algumas peças que estavam entregues ao departamento médico.

“acho que alguns jogadores, inclusive jogaram pouco esse ano, serão importantes ao longo de toda a temporada. Portanto, esse tempo que tivemos para trabalhar acabou sendo muito importante e deve se refletir já em bons resultados nas próximas competições”. afirmou o defensor.

Realmente o entrosamento em alguns aspectos será importante. O próprio Emerson Silva jogou apenas uma vez com o argentino Joel Carli, com quem forma a dupla de zaga considerada titular. Camilo, por sua vez, teve pouco tempo em campo ao lado de Montillo. Os dois dividem o processo de criação de jogadas.

Com esses quatro jogadores e também com Víctor Luís, que vai atuar mesmo com a lesão na mão direita, o Botafogo enfrentará o Volta Redonda nesta quinta-feira, às 20h30 (de Brasília), no Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ), pela estreia das duas equipes na Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca. O time para este desafio será definido no treino previsto para a manhã desta quarta-feira e que vai anteceder ao período de concentração.