Botafogo empata com Cuiabá e se despede da Copa do Brasil

Gabriel Grey
·4 minuto de leitura
Honda tenta passar pela marcação do Cuiabá (Vitor Silva/Botafogo)
Honda tenta passar pela marcação do Cuiabá (Vitor Silva/Botafogo)

O Botafogo está eliminado da Copa do Brasil. Nesta terça-feira, o Alvinegro empatou com o Cuiabá em 0 a 0 e se despediu da competição sendo derrotado no placar agregado. Por ter vencido a primeira partida das Oitavas de final, na última terça, por 1 a 0, no Nilton Santos, o Dourado fez valer a vantagem do empate, segurou o pouco inspirado ataque do clube carioca, e garantiu uma classificação histórica para o clube mato-grossense rumo às quartas de final.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Esportes no Google News

O Botafogo volta aos gramados no próximo domingo, às 18h15, diante do Bahia, na Fonte Nova, pelo Campeonato Brasileiro. Por outro lado, o Cuiabá entra em campo novamente pela Série B, no sábado, diante do Brasil de Pelotas, fora de casa. A equipe aguarda o sorteio da Copa do Brasil para conhecer o adversário da próxima fase.

Leia também

Começo promissor

Precisando do resultado, o Botafogo iniciou o jogo pressionando a saída de bola do Cuiabá, que jogava mais na defensiva tentando explorar os contra-ataques. Aos 3 minutos, Victor Luís tocou para Bruno Nazário, que chutou de fora da área, mas a bola passou por cima do gol de João Carlos. O Cuiabá respondeu logo em seguida. Em uma saída rápida, Maxwell foi lançado por Yago, dominou e, na hora do chute, foi travado por Marcelo Benevenuto.

Falta pontaria
Com mais posse bola e marcação alta, o Botafogo rondava a área do Cuiabá, dominava as ações da partida, mas encontrava dificuldade de criar oportunidades claras de gol. Aos 14, Bruno Nazário tabelou com Matheus Babi, chutou pressionado e facilitou a defesa do goleiro. O camisa 10 alvinegro estava testando João Carlos. Aos 19, Bruno Nazário arriscou de fora da área e viu o goleiro do Dourado encaixar com segurança.

Cavalieri salva
A intensidade do Botafogo diminuiu, e foi o Cuiabá quem teve teve a chance mais clara, no fim do primeiro tempo. Aos 40, Cuiabá saiu em um contra-ataque pela direita com Willians Santana. O camisa 9 encontrou Maxwell na área, que chutou de chapa no canto esquerdo de Cavalieri. O goleiro alvinegro se esticou e fez uma excelente defesa. A primeira etapa se encerrou com o Botafogo melhor, mas a chance mais clara havia sido dos donos da casa.

Ataque contra defesa
O Botafogo seguiu dominando a partida, mas com os mesmos problemas para criar chances claras de gol. Passados os dez minutos iniciais da segunda etapa, o técnico interino Flávio Tenius resolveu mudar a equipe e promoveu as entradas de Guilherme Santos, Pedro Raul e Ívan Angulo. Por outro lado, Chamusca reforçou o sistema defensivo do Cuiabá e já demonstrava estar satisfeito com o empate, que, naquele momento, daria a classificação ao time mato-grossense.

Faltou o gol
Com o time mais ofensivo, o Glorioso começou a assustar na bolas alçadas na área e quase abriu o placar. Aos 23, Kevin cruzou na medida e Pedro Raúl cacebou forte para o gol. No reflexo, João Carlos deu uma tapa na bola e fez grande defesa para salvar o Dourado. Logo depois, aos 29, Bruno Nazário achou novamente Pedro Raúl na área, o atacante tirou do goleiro de cabeça e viu a bola raspar a trave do Cuiabá. O Botafogo continuava sua pressão e, novamente, quase chegou ao gol com Pedro Raúl. Aos 31, após cobrança de falta de Kevin cruzada na área, a bola ficou viva na área e o camisa 9 soltou uma bomba no travessão. Já nos acréscimos, aos 47, Guilherme Santos cabeceou forte e João Carlos salvou o Cuiabá. O Dourado se segurou a assegurou uma classificação histórica na Arena Pantanal.

FICHA TÉCNICA:
CUIABÁ 0 X 0 BOTAFOGO

Data/Hora: 03 de novembro de 2020 / 19h
Local: Arena Pantanal, Cuiabá (MT)
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG)
Assistentes: Sidmar dos SantosMeurer (PR) e Ricardo Junio de Souza (MG)
Árbitro de vídeo: Heber Roberto Lopes (SC)
Gramado: Bom
Cartão Amarelo: Caio Alexandre; Victor Luís (BOT) / Maxwell; Hayner (CUI)
Cartão Vermelho:

GOL: -

CUIABÁ: João Carlos; Hayner, Ednei, Anderson Conceição e Romário; Nenê Bonilha (Auremir 11 2ºT), Matheus Barbosa, Yago e Elvis; Maxwell e Willians Santana (Lucas Hernandez 11' 2ºT). Técnico: Marcelo Chamusca

BOTAFOGO: Diego Cavalieri, Kevin, Marcelo, Kanu e Victor Luis (Rafael Forster 42' 2ºT); Caio Alexandre (Guilherme Santos 11' 2ºT), Bruno Nazário, e Honda; Kelvin (Ívan Angulo 11 2ºT), Warley (Pedro Raul, 11' 2ºT) e Matheus Babi. Técnico: Flavio Tenius.