Botafogo domina o Fluminense e conquista o segundo Carioca Feminino de sua história

LANCE!
·3 minuto de leitura


O Rio de Janeiro é preto e branco. Na tarde deste sábado, o Botafogo derrotou o Fluminense por 2 a 0 no Estádio Nilton Santos e conquistou o Campeonato Carioca Feminino. Káren e Vivian marcaram para o Alvinegro e carimbaram presença na súmula do título.

Este é o segundo título estadual do Botafogo. Em 2014, quando o clube ainda tinha parceria com o Marinha, o Alvinegro conquistou o primeiro. Esta é a primeira conquista desde o processo de reconstrução do futebol feminino profissional do clube, em 2019.

JOGO TRUNCADO
O começo da partida foi de muita inspiração e pouca técnica. O Botafogo tinha a posse de bola e tentava explorar o ataque por meio de bolas longas; o Fluminense respondia com uma defesa em bloco baixo e contra-ataques. As duas equipes, porém, pouco criaram e partida foi marcada por fisicalidade e passes errados.

CLIMA ESQUENTA
A reta final do primeiro tempo foi marcada por entradas duras. Uma confusão após uma falta de Maria Luiza, do Fluminense, em Kélen foi instaurada, mas os ânimos logo foram acalmados pela equipe de arbitragem. O Tricolor, vale ressaltar, levou dois cartões amarelos em um espaço de três minutos.

DO CÉU AO INFERNO
O Botafogo acordou nos últimos minutos da primeira etapa. Em uma rápida troca de passes, Vivian e Brenda criaram uma trama no campo ofensivo, e a atacante arriscou de fora da área. Luana, goleira do Fluminense, contudo, estragou a felicidade do Alvinegro com uma defesa espetacular.

A arqueira, porém, iria do céu ao inferno. No escanteio seguinte, Luana saiu de forma errada do gol e a bola sobrou para Káren, que teve apenas o trabalho de empurrar para o fundo das redes e sair para o abraço. Botafogo em vantagem no intervalo.

RAINHA DOS CLÁSSICOS!
O Fluminense voltou melhor do intervalo, pressionando e obrigando a goleira Rubi a trabalhar. Foi do Botafogo, todavia, a alegria da bola na rede. Em uma falta de longa distância, Vivian surpreendeu Luana e finalizou de cobertura, acertando o ângulo. A camisa 10 saiu para o abraço, justificando o apelido de "Rainha dos clássicos", por sempre marcar contra os times rivais.

COMEMORA, FOGÃO!
Com o 2 a 0 no placar, o Botafogo controlou a partida e os espaços do gramado. Com as melhores chances criadas, o time ainda teve oportunidade de fazer o terceiro gol, mas parou na defesa do Fluminense. No fim, pouco importou: ao som do apito final, a festa tomou conta do Estádio Nilton Santos.

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO X FLUMINENSE

Data/Hora: 20/03/2021, às 15h
Local: Nilton Santos, Rio de Janeiro (RJ)
Árbitra: Beatriz Oliveira Dantas
Assistentes: Beatriz Geraldini de Sousa e Jéssica Marciely Laurentino Brasil Guimarães
Cartões amarelos: Brenda (BOT); Lena, Maria Luiza e Andressa Ferreira (FLU)
Cartões vermelhos: -

Gols: Káren (1-0, 50'/1ºT), Vivian (2-0, 16'/2ºT)

BOTAFOGO: Rubi; Mylena, Carol Carioca (Amanda 41'/2ºT), Káren, Chaiane; Cris, Kélen, Vivian; Kamilla (Juliana 32'/1ºT), Karol Lins (Gaby Louvain 41'/2ºT), Brenda (Emily 51'/2ºT). Técnico: Gláucio Carvalho.

FLUMINENSE: Luana (Suelane 24'/2ºT); Tatá (Batista 35'/2ºT), Dani Serrão, Tarciane; Fernanda, Maria Luiza, Andressa Ferreira (Rayla 24'/2ºT), Kelly, Lene (Altamires 24'/2ºT); Letícia, Michelle (Arruda). Técnica: Thaissan Passos.