Botafogo deve ter a volta de Montillo contra o Atlético Nacional

A derrota de 2 a 0 para o Barcelona de Guayaquil já faz parte do passado e o Botafogo já começa a pensar no próximo desafio pela Copa Libertadores, no dia 18 de maio, às 21h45 (de Brasília), no Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ), pela penúltima rodada do Grupo 1. Um triunfo vai garantir o Glorioso nas oitavas de final e o técnico Jair Ventura vai contar com um reforço importante: o meia argentino Walter Montillo.

Se recuperando de lesão nas duas coxas, Montillo vem treinando com os companheiros e será testado na estreia no Campeonato Brasileiro, dia 14 de maio, contra o Grêmio na Arena Grêmio, em Porto Alegre (RS). A presença do jogador se torna ainda mais importante pela recente dúvida sobre o armador Camilo, que deixou o gramado no intervalo do jogo contra o Barcelona reclamando de dores na coxa direita.

Contra o time equatoriano, a criação de jogadas, principalmente depois da saída de Camilo, foi um problema, com Rodrigo Pimpão e Guilherme, sem sucesso, dividindo a responsabilidade. Para o jogo contra o Atlético Nacional, o Botafogo ainda perdeu o zagueiro Marcelo, que entrou no intervalo, e o volante Aírton, que receberam o terceiro cartão amarelo e estão suspensos para o próximo compromisso. Em compensação, o volante Bruno Silva volta a ficar à disposição após cumprir suspensão nesta terça.

“A volta do Bruno Silva vai ser muito importante no jogo contra o Atlético Nacional, pois não tenho outro jogador com essa característica e isso me obrigou a modificar o esquema”, afirmou Jair Ventura.

Nesta quarta-feira o elenco participou de um trabalho regenerativo, enquanto na quinta pela manhã o trabalho de campo irá recomeçar. O fim de semana será de folga para os jogadores visando descanso frente a uma complicada maratona de jogos.

Fora de campo a diretoria segue trabalhando para anunciar nos próximos dias a contratação de três reforços para a sequência da temporada e a prioridade continua sendo um nome para a lateral direita.