Botafogo busca parceiros para o gerenciamento do programa de sócios-proprietários

·2 minuto de leitura


Pela terceira vez no mês, o Botafogo abriu uma chamada para participação de concorrência (RFP) em busca de parceiros, desta vez, para gerenciar o programa de sócios-proprietários. Nos dias 10 e 11 de maio, o Glorioso já havia feito o mesmo projeto, porém, voltado para os esportes olímpicos, e a criação de um banco digital alvinegro, respectivamente. Com a mentalidade de valorização de seus ativos e o intuito de promover bons serviços aos seus associados, o Botafogo quer melhorar a gestão do programa de sócios de General Severiano.

> Veja quando será a decisão da Taça Rio

O Alvinegro pretende explorar as mais variadas oportunidades para fortalecer o relacionamento com o cliente através da oferta de serviços e infraestrutura e, desta forma, ampliar a base e gerar mais receitas. Assim, o parceiro que assumir a RFP para gerenciar o programa de sócios-proprietários, também encontrará implementações de sistemas de tecnologia, a organização operacional da Sede Social e o controle da carteira de associados.

- A melhoria da gestão do programa de sócios-proprietários é um item prioritário. Há potencial para o aumento de novos clientes e vamos investir em um novo formato para alcançar esse objetivo, sempre com muita transparência e responsabilidade. Para isso, buscamos o parceiro ideal - comentou o presidente Durcesio Mello.

+ GALERIA: relembre os últimos uniformes II do Botafogo

A RFP propõe que o sócio-proprietário tenha à disposição bons serviços, agilidade no atendimento e uma nova experiência — mais acolhedora e profissional — no relacionamento com o clube. Isso passa pela facilidade para quitar e antecipar mensalidades e anuidades; múltiplos canais e formas de pagamento (boleto, cartão debito, crédito, etc); ofertas especiais para inclusão de dependentes, ex-sócios, etc.; emissão de carteiras e segundas vias, entre outros. Além disso, a criação de uma rede de benefícios e descontos através da ativação de parcerias.

- A proposta é modernizar todas as etapas do relacionamento com o associado e ressignificar o produto. Torná-lo mais atrativo gera satisfação para ambas as partes e o aumento de receitas. Vamos tratar o sócio-proprietário como o cliente especial que ele é, provendo mais serviços e melhor experiência - disse o CEO Jorge Braga.

Vale lembrar que o sócio-proprietário usufrui das dependências da sede de General Severiano - piscinas, sauna, restaurante, churrasqueira, quadras, parque infantil, entre outros - e tem o direito de votar e ser votado nas eleições do Clube.

Além disso, o Botafogo informa que interessados em obter mais informações sobre a concorrência, o formato e parâmetros de análise da RFP deverão entrar em contato através do e-mail negocios@botafogo.com.br - com o título da mensagem constando o assunto "RFP Sócio-Proprietário". O prazo final para o envio da proposta é 31 de maio.