Botafogo busca afastar 'fantasma' do Maracanã para chegar na decisão

Glorioso vive jejum de sete jogos sem vitórias no estádio, que já dura dois anos. O último triunfo foi contra o mesmo Flamengo, em 2015. Bota precisa vencer para chegar na final

O Rio de Janeiro celebrava 450 anos de fundação. E foi no dia 1 de março de 2015 a última vitória do Botafogo dentro do Maracanã. Desde então, foram sete partidas sem sair de campo vitorioso. E a equipe do técnico Jair Ventura quer acabar com o incomodo jejum que dura mais de dois anos no domingo.

Pela frente, o rival Flamengo, que foi exatamente o último adversário que o Botafogo venceu dentro do Maior do Mundo. Naquela ocasião, Tomas Bastos marcou o gol que garantiu o triunfo botafoguense no time que tinha como técnico René Simões, ainda no primeiro ano da gestão Carlos Eduardo Pereira.

Desde então, foram sete clássicos no estádio: dois contra o Fluminense (com duas derrotas), quatro com o Vasco (três derrotas e um empate) e um com o Flamengo (empate). Até por isso - e mesmo com o desgaste das viagens para a Colômbia e Equador - o Glorioso deve entrar em campo com o que tem de melhor na semifinal do Carioca deste domingo, contra o rival rubro-negro.

- Agora temos que descansar para o Carioca. Teremos uma grande decisão contra o Flamengo, no Maracanã... vamos para vencer - disse Camilo na saída de campo no empate em 1 a 1 com o Barcelona-EQU, no estádio Monumental.

A ocasião para encerrar o longo período sem vitórias - no estádio que foi sua casa durante tantos anos - não poderia ser mais desafiadora. O Glorioso volta de uma sequência desgastante, fora de casa, e com alguns desfalques dentro do elenco. O time precisa vencer - empate classifica o Flamengo - para chegar em mais uma decisão de Campeonato Carioca (esteve nos últimos dois anos).







E MAIS: