Botafogo aposta em fidelidade de Yaya Touré: "No Brasil, só jogaria aqui"

Goal.com

Carlos Augusto Montenegro, membro do comitê executivo de futebol do Botafogo, afirmou que o volante Yaya Touré só jogaria pelo clube alvinegro caso decidisse se transferir para o futebol brasileiro.

Nos últimos dias, o Vasco apareceu como um outro possível destino do marfinense depois que Fabio Cordella, empresário ligado a Luiz Roberto Leven Siano, candidato à presidência cruzmaltina, afirmar que o dirigente poderia trazer um reforço de origem africana, que disputou três Copas do Mundo e atuou na Espanha e na Inglaterra.

"Desde que surgiram essas conversas malucas por aí, entramos em contato com o Yaya. O próprio jogador nos disse que o sonho dele é encerrar a carreira no Brasil, país que ele é muito fã. E disse com todas as letras que ficou apaixonado pelo clube e que no Brasil só jogaria pelo Botafogo. A torcida o encantou, ele foi estudar nossa história e ficou apaixonado também", disse Montenegro ao UOL Esporte, descartando o arquirrival da briga.

A novela envolvendo a ida do volante ao Botafogo começou antes do Carnaval, gerou expectativa na torcida do Glorioso e teve muitas idas e vindas - as negociações podem ser retomadas quando a crise da pandemia do novo coronavírus for controlada.

Touré, que completa 37 anos no próximo dia 13, conquistou títulos com a camisa do Barcelona e do Manchester City e está sem clube desde que deixou o Qingdao Huanghai, da China, no fim do ano passado. Ele também disputou três Copas do Mundo pela seleção da Costa do Marfim (2006, 2010 e 2014). 
 

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também