Botafogo aposta em aproveitamento em casa para buscar liderança

·2 min de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O Botafogo deixou escapar na última semana a oportunidade de assumir a liderança da Série B do Campeonato Brasileiro, mas chega à 33ª rodada cercado de motivos para crer que não irá vacilar mais uma vez caso o Coritiba, atual líder, ofereça nova brecha.

Isso porque o clube alvinegro irá atuar desta vez no Engenhão, em duelo com o Confiança a partir das 19h desta quarta-feira (3), onde o time tem sido dominante. O Botafogo é nada menos que o melhor mandante da competição, com 13 vitórias em 16 jogos, além de um empate e duas derrotas —83,3% de aproveitamento.

O desempenho no Rio é justamente o que tem impulsionado o time no período de oscilação recente, em que não consegue emendar uma sequência de vitórias.

Nos últimos dez jogos, a equipe de Enderson Moreira só venceu quando atuou em casa, em cinco de seis partidas —na ocasião em que não trinfou, foi batida de virada pelo Avaí. Já nos outros quatro jogos fora, teve uma derrota e três empates, o mais recente deles contra o Goiás, na terça passada (26).

Em Goiânia, aliás, o Botafogo tentou emular o fator casa nas arquibancadas da Serrinha, mas o time esmeraldino barrou a torcida visitante, alegando dificuldades logísticas para adaptar o estádio às restrições da Covid-19, o que foi motivo de lamento para o técnico botafoguense.

"Muito triste a torcida não estar presente hoje. Eles têm sido fundamentais para a nossa equipe. Em casa, o time se solta mais muito por conta dessa energia positiva que vem da torcida", disse Enderson após o empate em 1 a 1, em que sua equipe saiu atrás no placar.

Agora, em compensação, o clube alvinegro pôde dobrar a carga de ingressos disponível para o compromisso com o Confiança, após a Prefeitura do Rio, sob gestão Eduardo Paes (PSD), ter afrouxado as regras de combate ao coronavírus. O Botafogo poderá receber até 9.999 torcedores na partida.

O time alvinegro entrará em campo meia hora depois do Coritiba, que receberá o Operário-PR em casa. A diferença entre os líderes é de dois pontos, com o Botafogo em desvantagem, com 56. Se vencer, o clube carioca só precisará de um empate do rival alviverde na rodada para assumir a ponta da tabela.

Estádio: Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ)

Horário: 19h (de Brasília) desta quarta-feira (3)

Árbitro: Savio Pereira Sampaio (DF)

VAR: Daniel Nobre Bins (RS)

Transmissão: Premiere

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos