Botafogo 0 x 0 Grêmio: Empate sem gols no jogo de ida leva decisão para Porto Alegre

Botafogo e Grêmio empataram em 0 a 0 na tarde desta quarta-feira (13), pela partida de ida das quartas de final da Copa Libertadores da América, no estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro.

Um novo empate sem gols no jogo de volta, marcado para a próxima quarta (20), às 21h45 (de Brasília), leva a decisão para os pênaltis. Uma igualdade com gols dá a vaga ao time carioca. Caso haja um vencedor, ele se classifica para a fase seguinte. O ganhador do duelo enfrentará Santos ou Barcelona de Guayaquil.

O jogo:

O jogo foi marcado pela pressão do Grêmio. Com mais posse de bola e troca de passes, o time de Renato Gaúcho teve boas chances de marcar, sobretudo no segundo tempo do jogo, quando Joel Carli impediu o gol de Fernandinho.

Grêmio Botafogo I Libertadores I 13 09 17

(Foto: Pedro Martins I Mowa Press)

Fechado e saindo nos contragolpes, principalmente pelo lado esquerdo do ataque, onde Gilson teve bastante liberdade, o Botafogo por pouco não marcou com Roger. O centroavante, contudo, não estava em um de seus melhores dias em termos de pontaria. O atacante ainda pediu um pênalti, mas o árbitro venezuelano José Argote mandou o jogo seguir.

O que disseram os jogadores

Ao término do confronto, Ramiro fez a sua análise do resultado: "Devido às circunstâncias, resultado foi bom. Duas equipes classificadas, que jogaram para frente. O jogo de volta será de alta intensidade", afirmou.

O meio-campista não foi o único a falar sobre o confronto. Arthur, volante do Grêmio, também enalteceu o resultado e ainda destacou a presença de Tite no Estádio Nilton Santos:

Grêmio Botafogo I Libertadores I 13 09 17

(Foto: Getty Images)

"Equipe do botafogo é muito qualificada e tomar gol foi bom para gente. Fico muito feliz de ter o Tite aqui no estádio, uma motivação a mais. Faltou a gente acertar o ultimo passe, mas estamos de parabéns pela entrega".

Arnaldo, lateral-direito do Botafogo, também comentou o jogo. Sonhando com a vitória, o atleta avaliou a situação do confronto: "Queríamos vencer, mas não tomamos gol. Então é ir lá e fazer um gol par classificar", concluiu.