Boselli repete Romero em 2018, e Fiel volta a festejar jogador com hat-trick

Boselli foi um dos destaques do Corinthians na estreia do Campeonato Paulista 2020 (Daniel Augusto Júnior/Agência Corinthians)
Boselli foi um dos destaques do Corinthians na estreia do Campeonato Paulista 2020 (Daniel Augusto Júnior/Agência Corinthians)


Pela primeira vez desde que chegou ao Corinthians, no início do ano passado, o argentino Mauro Boselli marcou três gols em uma mesma partida com a camisa do Timão. Na vitória do Alvinegro sobre o Botafogo-SP, por 4 a 1, o centroavante foi um dos destaques do confronto e anotou um hat-trick, algo que não acontecia com a equipe principal do clube do Parque São Jorge desde julho de 2018.

O último jogador do Corinthians a fazer três gols em uma mesma partida foi o paraguaio Ángel Romero, em duelo contra o Vasco (também 4x1), em Brasília, no primeiro turno do Brasileirão daquela temporada. De lá para cá, o Timão viveu um período de baixa produção ofensiva, que dificultou a possibilidade de um outro jogador anotar o hat-trick.

O bom desempenho de Mauro Boselli, inclusive, o coloca na frente de seus concorrentes Vagner Love e Gustagol por uma vaga como centroavante titular do Timão. Ao fim da partida da noite da última quinta, o técnico Tiago Nunes explicou sua predileção pelo argentino neste início de temporada.

TABELA
>Veja como está a classificação do Paulistão






- O Mauro é um atacante muito conhecido. A bola chegou para ele finalizar e ele teve um aproveitamento muito bom. É uma disputa boa com o Love e com o Gustavo. Nesse momento, esse aproveitamento positivo faz com que ele esteja na frente nessa briga - afirmou o treinador, explicando o motivo de sua decisão pelo camisa 17.

Apesar do momento ser positivo, Boselli prefere manter os pés no chão e falar sobre a força coletiva do Corinthians. Vale lembrar que na última temporada, o argentino chegou a fazer críticas sutis ao estilo de jogo de Fábio Carille, e agora fez questão de elogiar o início de Tiago Nunes no Alvinegro.

- Estamos aos poucos entendendo e colocando em prática a ideia do treinador. Foi o primeiro jogo, 90 minutos, eu e meus companheiros sentimos, mas é assim. Jogando em casa vamos sempre pressionar. Fora, dependendo do adversário, muda, mas vamos sempre correr e buscar a vitória - disse o dono da camisa 17 do Timão.




Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também