Boselli faz dois gols em noite de Corinthians “solto” e elogia novo estilo

O Alvinegro bateu o Fortaleza por 3 a 2 no primeiro jogo desde a demissão de Fábio Carille
O Alvinegro bateu o Fortaleza por 3 a 2 no primeiro jogo desde a demissão de Fábio Carille

No primeiro jogo do Corinthians após a demissão de Fábio Carille, a grande ironia foi o herói da vitória por 3 a 2 sobre o Fortaleza: titular na referência do ataque, Mauro Boselli garantiu a vitória nesta quarta-feira (06), em duelo válido pela 31ª rodada do Brasileirão.

Foi a primeira vez que o argentino, principal contratação alvinegra para 2019, balançou duas vezes as redes em uma mesma partida. Na Arena Corinthians, o Fortaleza abriu o placar aos 34 minutos com Romarinho. Pouco depois Boselli empatou e a equipe interinamente comandada por Coelho virou no início da etapa derradeira, em gol marcado por Junior Urso após assistência de Janderson.

Mas não era noite fácil em Itaquera e Kieza voltou a deixar tudo igual para o time treinado por Rogério Ceni. Quando o segundo tempo começava a chegar em sua reta final, contudo, Boselli voltou a aparecer para completar, de cabeça, o belo cruzamento de Clayson.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Se na época de Carille o Corinthians recebia críticas pelas dificuldades na criação, sem o treinador campeão brasileiro de 2017 o Alvinegro manteve o volume, mas pela primeira vez estufou três vezes as redes dentro de seu estádio. E ainda que tenha sofrido como nunca defensivamente, Boselli, o herói da noite, disse acreditar que se a equipe mantiver a postura mais ousada conseguirá brigar forte pela vaga na Libertadores.

“A gente não vinha jogando bem. Temos que ganhar em casa se queremos nos classificar para a Libertadores. Acreditamos que a nossa equipe pode ser muito melhor. É pouco tempo de trabalho. Ele falou que temos que jogar com a mentalidade ir para frente, ainda mais jogando em casa. Vamos ganhar muito mais do que perder se jogarmos assim”, disse ao Premiere FC.

Com a vitória, o Corinthians voltou à sexta posição da tabela (com 48 pontos), que garante a última vaga para a próxima Libertadores. Já o Fortaleza caiu para 13º, com 36 pontos.

Leia também