Borussia Mönchengladbach diz estar "atordoado" com comentários racistas em seu site

AFP
O estádio Borussia-Park, na cidade alemã de Mönchengladbach, vazio no dia 10 de março de 2020
O estádio Borussia-Park, na cidade alemã de Mönchengladbach, vazio no dia 10 de março de 2020

O Borussia Mönchengladbach disse nesta sexta-feira que está "atordoado" com a avalanche de comentários racistas em seu site e em suas redes sociais depois das ações do clube em favor do movimento 'Black Lives Matter' (vidas negras importam) nos últimos dias.

"Na última sexta-feira, lançamos um vídeo contra o racismo, junto com o Borussia Dortmund, o Schalke 04 e o Colônia", recordou o clube em seu site.

"O que recebemos nos comentários desde então nos deixou atordoados", declarou o clube onde o francês Marcus Thuram joga, o primeiro jogador a se ajoelhar após a morte de George Floyd em Minneapolis.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

"Continuamos a limpar os muitos comentários racistas, odiosos e depreciativos! Aqueles que não compartilham os valores do Borussia Mönchengladbach devem abandonar a adesão ao clube", acrescentou o 'Gladbach', se dizendo "profundamente envergonhado" desses torcedores.

O Borussia Mönchengladbach, com o modelo dos grandes clubes associativos alemães, tem mais de 150.000 sócios.

O texto publicado nesta sexta-feira também agradece "à maioria dos torcedores que tentam contradizer (os comentários odiosos) com argumentos e fatos razoáveis".

George Floyd foi sufocado até a morte no final de maio por um policial branco que deixou um joelho apoiado sobre seu pescoço por mais de oito minutos.

Sua morte provocou uma onda histórica de protestos anti-racistas nos Estados Unidos e em todo o mundo.

Leia também