Borussia Dortmund vence de virada Sevilla pelas oitavas da Liga dos Campeões

·2 minuto de leitura
Lance da partida entre Sevilla e Borussia Dortmund, pela Liga dos Campeões

Em dia inspirado do artilheiro Erling Braut Haaland, o alemão Borussia Dortmund foi à Espanha e venceu de virada o Sevilla por 3 a 2, nesta quarta-feira, na partida de ida pelas oitavas de final da Liga dos Campeões.

No estádio Ramón Sánchez Pizjuán, os anfitriões abriram o placar logo no minuto 7, através do atacante Suso. A reação dos visitantes veio ainda no primeiro tempo com o volante Mahmoud Dahoud (19) concluindo com um passe do atacante norueguês Haaland, que balançou as redes duas vezes em seguida (27 e 43).

Na reta final do encontro, o atacante holandês Luuk de Jong diminuiu o prejuízo dos espanhóis (83).

- Brilha a estrela de Haaland -

O Dortmund entrou em campo disposto dominar o jogo desde o primeiro minuto, pressionando a saída de bola dos donos da casa.

Mas na primeira subida ao ataque da equipe espanhola, o placar foi logo aberto. Suso avançou pela lateral, passou pela marcação do meia Sancho e chutou de direita. A bola ainda desviou no zagueiro Hummels, mas acabou no fundo das redes.

A desvantagem não abalou os alemães, e o empate chegou através da participação de seu craque norueguês. Haaland avançou pela direita e tocou em seguida para Dahoud, que da entrada da área acertou um chute forte no ângulo.

O empate serviu para aumentar o ímpeto dos visitantes diante de um adversário que não conseguia superar a defesa do Bosussia.

A virada do time da cidade de Dortmund veio quando Haaland fez uma tabela com Sancho, que enfiou para o companheiro dentro da área espanhola finalizar com perfeição.

Pouco depois, o norueguês aproveitou um passe de Reus, após roubar a bola que estava com Alejandro 'Papu' Gómez, para chutar cruzado marcando seu oitavo gol nesta edição da Liga dos Campeões, assumindo a atilharia do torneio.

A equipe de Sevilha tentou equilibrar as ações, mas só conseguiu diminuir o placar adverso na reta final do encontro, quando Luuke de Jong disparou um chute cruzado que acertou o ângulo defendido por Hitz.

Agora vaga para as quartas de final será decidida no dia 9 de março, em um jogo marcado a princípio para a Alemanha.

-- Liga dos Campeões - jogo de ida das oitavas de final

Sevilla - Borussia Dortmund 2 - 3 (1-3)

Estádio: Ramón Sánchez Pizjuán (Sevilha):

Público: sem público

Árbitro: D. Makkelie (HOL)

Gols:

Sevilla: Suso (7), L. de Jong (84)

Dortmund: Dahoud (19), Haaland (27, 43)

Cartões amarelos:

Sevilla: Rodríguez (88)

Dortmund: Hummels (73), Haaland (90+1)

Equipes:

Sevilla: Bounou - Navas (cap), Kounde, Carlos, Escudero - Joan Jordan (Rodríguez 72), Fernando, Rakitic (Gudelj 46) - Suso (L. de Jong 60), En-Nesyri (Munir 60), Gómez (Oliver Torres 60). T: Julen Lopetegui

Borussia Dortmund: Hitz - Morey, Akanji, Hummels, Guerreiro (Passlack 77) - Can - Dahoud (Meunier 89), Reus (cap) (Brandt 80), Bellingham, Sancho, Haaland. T: Edin Terzic

gr/mcd/lca